segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Resenha:Morte Súbita




Título:Morte Súbita
Autora:J.K Rowling
Editora:Nova Fronteira
Págs:501



Leitores e leitoras,espero que a semana tenha começado muito bem para vocês.Como prometi,hoje começo com a resenha de um livro que quando soube que ia ser lançado fiquei super ansioso e curioso para ler,muito por causa da autora J.K Rowling,que escreveu os livros de Harry Potter e por quem tenho uma admiração pessoal pelo seu estilo de escrita.




A história se passa no pequeno vilarejo de Pagford;vilarejo típico,onde todos os moradores se conhecem e sabem da vida de todo mundo e os moradores ainda se assustam com pequenas evoluções tecnológicas.Tudo começa quando um pacato cidadão, conselheiro da paróquia local,Barry Fairbrother morre subitamente.Sua morte acaba causando um grande abalo entre toda a comunidade.Um alvoroço se inicia e a pergunta que fica:quem ocupará seu lugar no conselho?Se dá início assim a uma guerra eleitoral,com várias pessoas querendo o seu posto no conselho local no lugar de Barry Faibrother,causando inúmeras revelações,segredos,intrigas e conflitos familiares entre os moradores do vilarejo.Quem sairá vencedor nessa disputa?A morte de Barry foi somente acidente?Perguntas que serão respondidas percorrendo inúmeros segredos ao longo da história.



Bem fiquei com muita expectativa em torno desse livro.Queria muito ver como a autora iria se aventurar saindo do universo infanto-juvenil de Harry Potter e entrando no mundo das histórias mais adultas com tramas mais complicadas e com outro tipo de linguagem.Teria tudo para dar certo,mas parece que J.K Rowling ainda não havia se livrado do bruxinho.Quem lê a sinopse do livro acaba realmente tendo uma visão que pode se tratar do melhor livro já escrito por ela,mas a decepção acaba ficando flagrante a cada página lida.Uma trama que acaba se revelando confusa,com muitos personagens ao redor de uma única trama,o que dificulta uma leitura mais envolvente e fluida.Talvez a pressa em entrar no mercado adulto tenha sido tanta,que parece que faltou um pouco mais de organização para transformar uma ideia promissora em uma grande história,mas vamos dar crédito a ela,afinal não deve ter sido fácil lidar com a transição do público adolescente para o público adulto,mas com certeza J.K Rownling tem potencial para escrever muito melhor do que fez nesse livro( e conseguiu,o outro lançamento dela foi disparado bem melhor,mas isso é assunto para uma outra resenha).Não recomendo esse livro em especial,mas para quem gosta de fazer comprativo entre os trabalhos e fases dos autores vale a pena conferir e tirar suas próprias conclusões.Fiquemos no aguardo de mais livros dessa grande escritora.Por hoje é só,nos veremos mais durante a semana.Grande abraço!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário