quarta-feira, 28 de junho de 2017

Lançamento:Ultrapassando Fronteiras


Sinopse

Melissa Campbell é médica e mora em Nova York. É casada com Eric Van Holden, um advogado cuja carreira está no ápice do sucesso. O casamento, que parece um conto de fadas aos olhos da sociedade, na verdade anda bastante fragilizado desde que a única filha do casal faleceu em um trágico acidente.
Quando as coisas estão começando a melhorar, um novo acontecimento faz com que Melissa perceba que não conseguirá superar as dores do passado se não deixar para trás a realidade que conhece.
Cheia de uma coragem que ela não sabia possuir, Melissa abre mão da sua vida de luxo e se une à organização Médicos sem Fronteiras, na esperança de esgotar toda a sua energia ajudando os refugiados de guerra, visando, dessa forma, aplacar a própria dor. 
O que Melissa não imaginava era que naquele lugar improvável e tão cheio de mazelas, ela iria encontrar o anjo que salvaria sua alma.



Pessoas queridas do meu coração,tudo bom?Era pra eu ter passado aqui ontem com essa postagem,mas ontem teve um evento lindo que vou comentar com vocês provavelmente amanhã,então acabou que não consegui atualizar o blog.
Aliás se preparem porque na próxima postagem falaremos sobre um evento que com certeza será muito nostalgia pra todo mundo,mas vamos deixar pra comentar sobre isso mais pra frente.

Hoje vamos falar sobre o mais novo lançamento da autora parceira diva JC Ponzi:Ultrapassando Fronteiras.
Pela sinopse já deu para vocês repararem que se trata de uma história bem diferente das já publicadas pela autora.Vamos ter aqui uma trama repleta de emoção e superação,sem o lado hot. (ok,tem algumas cenas,mas não é o foco da história).
O livro por enquanto só está disponível em e-book na Amazon,mas vamos torcer pra que ele seja publicado em formato físico também.
Posso dizer que é uma história muito bonita,com altas doses de superação e drama.Não vou me aprofundar muito porque em breve tem resenha,mas foi uma história que mexeu muito comigo,me fez refletir e me emocionar bastante.
Só adianto uma cosa:preparem os lenços e estejam certos de que emoção não vai faltar,podem acreditar.
Vou deixar o link para compra na Amazon.Lembrando que ele também está disponível para leitura pelo Kindle Unlimited.
Então pessoal,espero que possam aproveitar essa história linda e se sintam tocados pela história da Melissa assim como eu fiquei.Tenho certeza que será uma experiência incrível para todos os leitores.
É isso gente,por hoje é só,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

Link Para Compra

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Vamos falar sobre:Harry Potter


Oi pessoas!Tudo bom com vocês?
Precisava vir aqui hoje dividir algumas opiniões com vocês sobre Harry Potter,afinal,hoje completam exatamente 20 anos da primeira publicação de HP.Pois é gente,o tempo passa muito rápido mesmo.
Apenas pra terem uma ideia:eu tenho 27 anos,ou seja,na época da primeira publicação eu tinha 7 anos hahahahahahhaa
Aqui no Brasil Harry Potter e a Pedra Filosofal chegou no ano 2000.
Hoje resolvi contar pra vocês um pouco da minha trajetória com essa saga,como comecei a ler,curiosidades.....


Como comecei a ler

Bom eu estava na sexta série.E como trabalho/prova,a professora de português resolveu trazer um livro pra ser lido em sala e ser debatido.E o livro escolhido era exatamente Harry Potter e a Pedra Filosofal.Até então eu nem conhecia a história direito,nem tinha parado pra prestar muito a atenção.
Até que começamos a ler.....gente,eu pirei nos primeiros capítulos!
O único problema é que na época eu não tinha esse vício todo em leitura.Sempre gostei de ler,mas hoje em dia a paixão só aumentou.Por isso fiquei na expectativa do passeio de escola para a  Bienal pra poder comprar pelo menos o primeiro livro,porque se eu não me engano já tinham os dois primeiros lançados aqui.
Aí entra o grande problema:imaginem o preço desse livro lá na Bienal e pensem que eu era um estudante na sexta série,ou seja,cadê o dinheiro não é mesmo?
A sorte é que minha ex professora de português também estava no passeio e viu que eu queria muito o livro,por isso ela usou o desconto dela pro livro sair mais barato.
Nem lembro quanto eu tinha levado de dinheiro,sinceramente,mas até hoje tenho certeza que mesmo com o desconto,o que eu tinha não dava pra comprar o livro,acho que minha professora colaborou mais do que eu imaginava na época (professora Ângela se a senhora estiver lendo isso,muito muito obrigado,não sabe o quanto lhe agradeço não só por esse dia,mas por tudo,se tem alguém que sempre me incentivou bastante ao hábito da leitura e da escrita essa pessoa foi a senhora).
E assim começou o meu amor por HP...



Lendo a Saga

Como falei,na época não tinha tanto dinheiro,até porque não trabalhava kkkkkkkk
Então pra comprar um novo livro de HP era sempre complicado,porque eles eram bem carinhos e eu precisava esperar alguma data comemorativa ou ganhar algum tipo de dinheiro pra poder juntar e comprar um novo livro da série.
Por esse motivo,acabei ficando com HP e a Pedra Filosofal sozinho por muito tempo,então fiz a coisa mais óbvia do mundo:li e reli e reli e reli.....eu parei de contar quantas vezes reli hahahahahaha
Aos poucos fui adquirindo os outros livros e a cada nova leitura,mais eu me envolvia no mundo de Hogwarts,na história de Harry,Rony e Herminone e pela mágica.Não a mágica em termos de feitiços,mas a mágica que a J.K.Rowling me proporcionou.A prova disso é que mesmo com pouca idade,não me deixava intimidar pela quantidade de páginas dos livros,muito pelo contrário,ficava mais e mais empolgado a cada nova leitura.
Aliás era visível minha empolgação a cada livro adquirido.Lembro que eu saia da livraria lendo no meio do caminho já,sem me importar com as pessoas ao redor kkkkkkkkkkk
A partir daí,muitas portas literárias se abriram,me abri para outras leituras,fui evoluindo como leitor,isso sem nenhum tipo de pressão.



Minhas Curiosidades Lendo Harry Potter

- Comecei a ler HP com 11 anos
- Reli Harry Potter e a Pedra Filosofal mais de 120 vezes
- Nunca emprestei meus livros
- São os únicos livros da minha estante encapados (mas o estado deles não é dos melhores,preciso comprar novas edições)
- Não curti o último livro como gostaria de ter curtido
- Harry Potter e o Prisoneiro de Azkaban é meu livro favorito da série
- Sou fã incondicional da Hermione
- Minha casa é Corvinal,muito minha cara
- Meu sonho é ter uma coruja branca
- Não gosto tanto das adaptações dos livros
- Impressão minha ou nos dois últimos livros a J.K.estava meio sem paciência pra escrever?
- Tenho uma camisa linda da Sonserina (me julguem hahahahahaha)
- Talvez eu tenha sim uma queda pela Sonserina, apesar do meu amor ser a Corvinal
- Feitiços é minha matéria favorita
- Pretendo fazer uma tatuagem em homenagem a saga
- Harry foi feito pra Hermione,não pra Gina,pronto falei kkkkkkkkkk
- Harry Potter e a Criança Amaldiçoada não foi tão ruim pra mim quanto as pessoas falam




Gente espero muito que tenham gostado da postagem de hoje.Minha ideia foi homenagear esse bruxinho que há tanto tempo vem nos encantando,não importa a idade.
Minha relação com HP é muito próxima e faz parte demais da minha vida como leitor,então não poderia deixar passar em branco essa data especial.
Estou mais velho?Sim,mas a empolgação sempre que algo novo de HP é lançado não diminui,isso não diminui jamais.A empolgação continua a mesma de anos atrás e tenho certeza que continuará assim por muito e muito tempo.
Sou Potterhead assumido sim!!
É isso galerinha,por hoje é só,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!



Crédito da imagem da capa
Submarino

domingo, 25 de junho de 2017

Resenha:O Ceifador


Livro:O Ceifador
Autor:Neal Shusterman
Editora:Seguinte
Páginas:448
Tradução:Guilherme Miranda


Sinopse

A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria... Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador - papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.



Primeiro mandamento:matarás



Leitores queridos,tudo bom com vocês?Desculpem não ter aparecido ontem,mas a gripe resolveu me atacar esses dias,tá complicado.Ainda não to 100%,mas tô melhorando e não quero deixar vocês na mão.
E hoje é dia de falarmos sobre um livro que se tornou uma das minhas melhores leituras do ano:O Ceifador do autor Neal Shusterman.
Essa história foi a responsável por me fazer retornar ao mundo das distopias.
Andava meio descrente das distopias,porque vamos combinar:as histórias que estavam saindo eram mais do mesmo.

Temos aqui uma nova sociedade.Uma sociedade onde as pessoas não morrem.Não temos doenças.
Uma sociedade considerada perfeita.
Para controlar o crescimento desenfreado da população temos os ceifadores,responsáveis por fazer a coleta das pessoas que eles achem que chegou a hora.
E nesse mundo encontramos Citra e Rowan,dois jovens que depois de um encontro com o ceifador Faraday são convocados por ele a serem aprendizes.Só tem um problema:apenas um deles sairá com esse posto,o outro poderá voltar para a sua vida normal. (será?)
Paralelamente a isso,temos um grupo de ceifadores que vão contra as tradições dos ceifadores e pretendem instaurar uma nova ordem.
Será que teremos uma guerra a caminho?



Pessoas que livro!Quando a editora anunciou o lançamento dele eu já me interessei muito por toda a atmosfera da história.Já tinha certeza que eu iria gostar,só não fazia ideia do quanto.E nem preciso dizer que fiquei super feliz quando ele chegou de cortesia aqui em casa.
Como falei lá em cima,andei meio saturado de distopias,porque as histórias pra mim pareciam sempre as mesmas,então resolvi dar um tempo e olha que isso me fez muito bem.
Falando primeiro dos personagens,Citra e Rowan não são personagens que querem agradar aos leitores e nem aos demais personagens da história.
Cada um tem seus conceitos,sua personalidade e não abrem mão deles.Achei bem bacana porque fogem do estereótipo de heróis convencionais.,o que acaba tornando suas atitudes e a história cada vez mais imprevisíveis.
Só uma coisa me irritou neles:eles tomam atitudes completamente inconsequentes para proteger um ao outro.Várias vezes eu parava a leitura e gritava com eles pra pararem de ser burros kkkkkkkkk
O cenário da história é bem real,com uma cena política bem explicada e bem amarrada.
O que achei bem bacana é que a história já começa com as coisas acontecendo de fato e isso sem abrir mão das explicações sobre o cenário político,sobre esse novo mundo....mas sem ser aquela explicação arrastada e jogada como vemos em muitas distopias.
E essas explicações não são confusas,mirabolantes,nem nada disso.São explicações de fácil compreensão,tornando o entendimento bem tranquilo.Então pra quem não costuma ler distopias,pode ficar tranquilo que esse é um bom livro pra começar sem problemas.
Os ceifadores são bem misteriosos e essa aura de mistério me envolveu completamente.Inclusive meus personagens favoritos são os ceifadores Faraday e a ceifadora Curie,muito sábios e que lutam para que a a ideologia dos ceifadores não seja corrompida.Eles me lembram muito o mestre Yoda,sempre com aquele conselho misterioso na hora certa.
Cada ceifador é obrigado a manter um diário sobre o que acontece no dia a dia com ele e temos os capítulos intercalados por passagens dos diários de alguns ceifadores da história.
A narrativa é pelo ponto de vista da Citra e do Rowan,porém temos que prestar mais atenção,porque no mesmo capítulo temos os dois narrando em determinados momentos,então a gente precisa ficar de olho pra não se perder,mas sinceramente não senti a menor dificuldade,é só questão de se habituar mesmo,mas a história flui tão bem que nos primeiros capítulos você já consegue se habituar com a narrativa.
Por sinal,outro ponto positivo.Normalmente distopias são livros mais tensos,que acabamos demorando um pouco mais a ler,mas em O Ceifador não temos isso.A história flui bem rapidamente,as cenas transcorrem de forma bem fácil e envolvente,tornando a leitura muito rápida.
E temos muitas revelações da metade do livro para o final que vão dar aquele plot twist para os próximos livros.E o final é fantástico!Citra e Rowan são personagens incrivelmente inteligentes,que fazem do final um show à  parte.Não vou falar muito pra não dar spoiler,mas fiquei completamente sem palavras e surpreso com uma atitude de um dos personagens no final.Foi determinante,embora eu não esperasse.
Bom gente,pra finalizar,essa é uma distopia bem diferente das que foram publicadas,com um tom de suspense e inteligência,equilibrados com ação na medida certa,sem que o autor perdesse o controle da história.Super recomendo pra quem procura um bom livro do gênero!




"Devemos,por lei,manter um registro de todos os inocentes que matamos.E,a meu ver,todos são inocentes.Mesmo os culpados.Todo mundo é culpado de alguma coisa e todo mundo ainda guarda uma memória da inocência da infância,não importa quantas camadas de vida a cubram.A humanidade é inocente;a humanidade é culpada;ambas as afirmações são inegavelmente verdadeiras."



" - Você vê por trás das aparências do mundo,Citra Terranova.Daria uma excelente ceifadora.
Citra se enconlheu.
- Nunca quis ser uma.
- Esse - ele disse - é o primeiro requisito.



"Mas lembre-se de que as boas intenções pavimentam muitas estradas.E nem todas levam ao inferno."



"Se não podiam confiar um no outro,o que lhes restava além de uma permissão para matar?"



"A imortalidade nos transformou em personagens de desenho animado."





E aí gente,gostaram da resenha?Se preparem porque com certeza esse livro estará na lista das melhores leituras do ano,sem dúvidas.Só pra vocês terem uma ideia,li ele em dois dias  e olha que para um livro de quase 500 páginas isso é alguma coisa.
A simplicidade das explicações me chamou muito a atenção e certamente quero ler as continuações e recomendo fortemente.
É isso pessoal,não esqueçam de comentar se já leram,se gostaram,se pretendem ler....
Vou indo nessa,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Resenha:Quando A Noite Cai


Livro:Quando A Noite Cai
Autora:Carina Rissi
Páginas:448
Editora:Verus


Sinopse

Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos... e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar...




Hey gente!Tudo bom?
Voltando com as resenhas pra colocar todas em dia kkkkkkkkk
A partir de hoje começam as resenhas das leituras que fiz em junho e estou fazendo ainda.
Se tudo der certo aquela meta da TBR vai ser atingida com sucesso!
Mas vamos aos trabalhos.
A resenha de hoje é de uma autora que amo muito,mas que só fui reparar outro dia que ainda não tinha trazido resenha de nenhum livro dela;estou falando da diva nacional do chick-lit Carina Rissi e hoje falaremos sobre seu mais novo lançamento:Quando A Noite Cai.

Briana é uma garota completamente azarada e atrapalhada que ama desenhar.Vive mudando de emprego,não porque ela quer,mas porque ela sempre acaba fazendo alguma besteira.
Pra variar ela acaba de ser demitida do restaurante onde ela achava que iria dar certo.
Ela fica desesperada,porque as coisas na pensão da sua mãe não andam muito boas.
Sua irmã Aisla acaba conseguindo uma entrevista de emprego pra ela.Não que Briana ache que vai dar certo,mas o que ela tem a perder?
Só que a sorte e nossa protagonista não andam muito juntas,então lógico que ela vai estragar as coisas no local da entrevista.Ao sair do prédio,depois de ser expulsa,acaba sendo atropelada.
Pra surpresa de Briana,o motorista é a cara do guerreiro irlandês com quem ela vem sonhando há muito tempo.
E pra piorar,uma descoberta:Gael O´Connor é o cara que deveria ter realizado a entrevista e por um milagre do destino,ele resolve contratá-la.
Lógico que Briana vai precisar separar realidade de sonho.
Será que a sorte finalmente vai sorrir pra ela?


Era uma vez....



Essa foi minha primeira leitura do mês e lógico que ler Carina Rissi é sempre uma experiência emocionante.
Ela sabe como prender o leitor.Por mais que seus livros passem das 400 páginas,são sempre leituras tão fluidas e envolventes.
Quando A Noite Cai tem bem as características marcantes da autora:muita emoção,amor e um ambiente repleto de realidade misturado com fantasia.
E a história ainda partes se passando na Irlanda!Muito amor mesmo!
O que mais gosto nos personagens da Carina são as protagonistas.Muito atrapalhadas,engraçadas e sonhadoras.Basicamente a maioria das mocinhas dela são assim.Gosto bastante,mas admito que em algumas oportunidades gostaria de ver uma protagonista dela que fugisse desas características. Muito embora tem uma personagem dela que foge desse estilo,mas isso é conversa pra outro dia kkkkkkkkk
Briana é tudo isso,engraçada,sonhadora,mas acima de tudo determinada.Por mais que as coisas não estejam dando certo,ela não desiste.
Gael é aquele cara mais sério,misterioso,mas que acaba revelando seu lado engraçado e mais descontraído depois que conhece Briana.
Mas sem dúvidas o melhor personagem de história é a Aisla.Ela é completamente doidinha,mas com um coração de ouro,que faz tudo pela irmã.
Inclusive se eu bem conheço a Carina,com certeza poderemos esperar um livro contando mais sobre a Aisla,com certeza dará um livro bem engraçado.
A trama é de uma condução muito tranquila.O estilo da autora ajuda muito nesse sentido.É uma narrativa bem simples,de um entendimento bem tranquilo.
O leitor acaba observando o quanto de pesquisa a autora teve que realizar pra trazer mais realismo para a história.Lendas,pontos turísticos,nomes,cenários irlandeses....tudo muito bem pesquisado e escrito para nos transportar para todo o clima da Irlanda.
Essa mistura de realidade com fantasia é algo que foi muito bem construído aqui.E é aqui que reside a mágica da história.Do início ao fim nos vemos presos nos sonhos de Briana intercalados com a realidade dela.
E isso é mágico,por diversas vezes quis ser transportado para a história,tamanho envolvimento que consegui ter com o ambiente,com os personagens.
E o mais bacana:nem só de romance vive esse livro.Temos aqui um suspense bem trablhado,onde a gente fica alucinado até o final para descobrir o grande segredo e quando descobrimos.....é sensacional!
Não acreditei que a Carina fosse fazer esse final,mas ficou lindo demais e perfeito!!
O ritmo foi muito bem desenvolvido,sempre respeitando as cenas.Acelerado quando tinha de ser,mais contido no momento exato,comédia na medida certa sem encher a cena de comédias sem sentido...o timing da autora foi perfeito nas cenas.
Acho que esse foi um dos melhores livros da autora.Amo a série Perdida,mas tenho mais apego aos livros dela fora desse universo,me identifico mais.
Achei que os personagens secundários poderiam ter sido melhor trabalhados,mas não sei se ela pretende revisitar esse universo.Mais sobre o ponto de vista do Gael também seria bem bacana pra complementar ainda mais a história.Alô Carina #ficaadica
Pra finalizar,só me resta recomendar uma história linda,com uma ambientação bem visível,um romance clichê de tirar o fôlego,muita aventura,magia e um final de arrebatar corações!
E o melhor:uma história de amor na Irlanda.....sonho melhor impossível!!




"Como eu poderia prestar atenção em qualquer coisa que fosse,se ele me segurava de encontro àquela muralha larga,rija e quente,e eu era capaz de sentir seu coração bater forte contra meu ombro?"



"Tem razão.Não consegue compreender o amor.Não é assim que funciona.Não se decide amar ou não.Simplesmente acontece,sem que se possa evitar. - Ela puxa uma florzinha branca de um arbusto e começa a girá-la entre os dedos. - Não devia estar tão convencida de algo sobre o qual não exerce nenhum controle."



"O que se deve dizer ao ficar cara a cara com seu amante imaginário,que na verdade não é seu amante imaginário,mas seu chefe?"



"Não tinha ideia do que aconteceria a partir de então,mas sabia que naquela noite algo entre mim e Gael havia mudado para sempre.
Irrevogavelmente."



"Não existia um elixir da vida que trouxesse a imortalidade.É o amor que torna alguém imortal."




Bom pessoal,espero muito que tenham gostado dessa resenha.Foi especial fazer porque foi o primeiro livro da Carina Rissi resenhado aqui e com certeza o primeiro de muitos!
Quem curte romances leves,descontraídos esse é o livro pra vocês.Aliás,Carina Rissi é pra vocês!
É isso gente,vou ficando por aqui.
Não esqueçam de comentar se já leram,se gostaram....
Nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

terça-feira, 20 de junho de 2017

Tag dos 50%


Hey pessoas!Como você estão?
Vamos dar uma pausa nas resenhas para responder uma tag que gosto muito:a tag dos 50%.
Como estamos na metade do ano,essa tag nada mais é que uma retrospectiva dos livros lidos até agora.Vi muitos blogs e booktubers respondendo a essa tag,mas vi pela primeira vez no canal do Victor Almeida do Geek Freak.
Vamos responder então?




O Melhor Livro Que Você Leu Até Agora Em 2017

O Ceifador
Neal Shusterman


Ainda vamos falar mais detalhadamente desse livro,mas já vou adiantando:me conquistou completamente!Melhor leitura do ano até agora,sem dúvidas!
Me fez voltar a ter vontade de ler distopias.





A Melhor Continuação Que Você Leu Até Agora Em 2017

Nunca Jamais (Parte 2)
Colleen Hoover e Tarryn Fisher


Essa é uma história que gosto bastante.É um livro bem curtinho e nessa continuação muitas coisas acontecem,muitas revelações são feitas...ou seja,aquele tipo de livro onde as coisas acontecem o tempo todo.Tem resenha dele aqui.





Algum Lançamento do Primeiro Semestre Que Você Ainda Não Leu,Mas Quer Muito

Profundezas Sombrias
Juliana Daglio


Quero,preciso,necessito!Esperei esse livro chegar aqui pra dar continuidade na série,onde eu já tinha lido o primeiro livro,sendo o meu primeiro contato com a autora e havia amado muito!
Se tudo der certo ainda esse mês ele será lido :D





O Livro Mais Aguardado Do Segundo Semestre

Confesse
Colleen Hoover


Não poderia ser outro:Confesse,da diva Colleen Hoover.Tem lançamento da Colleen,já está no topo da minha lista de desejados e esse não seria diferente.
Amei a capa e a sinopse é bem característica da autora.





O Livro Que Mais Te Decepcionou Esse Ano

Rush Sem Limites
Abbi Glines


Olha.....vamos falar mais dele na resenha,então por hora já posso adiantar que dei duas estrelas pra esse livro,isso sendo muito simpático.
Vamos falar dos motivos mais pra frente.





O Livro Que Mais Te Surpreendeu Esse Ano

O Verão Em Que Tudo Mudou
Vinícius Grossos


Me surpreendeu e me fez ficar apaixonado pela história.Não imaginava que eu fosse gostar tanto,mas sinceramente,amei muito!
História forte,com muita superação,amizade e amor!
Mais um que tem resenha.





Novo Autor Favorito (Que Lançou Seu Primeiro Livro Esse Semestre,ou que você conheceu recentemente)

Giulia Paim


O livro dela eu já queria há muito muito tempo,mas só esse ano consegui finalmente ter Boston Boys na mina estante.E a Giulia se tornou uma autora que gostei bastante,que faz a gente terminar um livro sem sentir,sempre com muita música e bom humor.
Quero ler mais livros dela.





A Sua Quedinha Por Personagem Fictício Mais Recente

Não poderia ser outra:Briana,do livro Quando A Noite Cai,da diva master do chick-lit nacional Carina Rissi.
Como amei esse personagem!





Seu Personagem Favorito Mais Recente

São tantos....mas acho que fico com a Ella da série Rosemary Beach.Ela tem um passado extremamente complicado,que reflete e muito no que ela é hoje em dia e precisa aos poucos superar,mesmo com tantas pessoas a colocando pra baixo.





Um Livro Que Te Fez Chorar Nesse Primeiro Semestre

Dois A Dois
Nicholas Sparks


Não cheguei a chorar,sou bem difícil de chorar com livros,mas Dois A Dois é uma história tão carregada de emoção,relacionamento bem trabalhado entre pai e filha e como se trata de livro do Nicholas,aquela dose de drama que deixa nosso coração parado por alguns instantes.





Um Livro Que Te Deixou Feliz Nesse Primeiro Semestre

Cadu e Mari
A.C Meyer


Aquele tipo de história que deixa o leitor com um sorriso fácil no final do livro.
Tão gostoso,tão envolvente e tão bonito....impossível não ficar feliz com essa leitura.





Melhor Adaptação Cinematográfica De Um Livro Que Você Assistiu Até Agora

Acreditam que até agora esse ano não vi nenhuma adaptação literária nas telonas?
Por isso acho que fico com seriado mesmo:Os 13 Porquês





Sua Resenha Favorita Desse Primeiro Semestre

Gostei bastante da resenha de Diário de Uma Escrava no canal Livros e Post It da Adriana.
Ela sabe resenhar muito bem esse tipo de livro,tendo a preocupação de falar o que achou do livro,muitas vezes trazendo a resenha para o contexto atual.
Super recomendo o canal dela.





O Livro Mais Bonito Que Você Comprou Ou Ganhou Esse Ano

My Take On Me
Morten Harket


Esse livro é a coisa mais linda!Tanto por dentro quanto por fora.Na resenha pode deixar que vou colocar muitas fotos pra vocês terem uma noção de quão linda essa edição ficou.Material de primeiríssima qualidade.





Quantos Livros Você Precisa Ou Quer Muito Ler Até O Final Do Ano

Sinceramente?Todos os da minha meta de leitura no Skoob hahahahahahaha




E aí gente,gostaram?Simplesmente amo essa tag e não poderia deixar de responder.
Deu pra relembrar as leituras realizadas até aqui e já pensar nas próximas.
É isso pessoal,por hoje é só.Sintam-se à vontade para responder também e comentar,vou adorar ver a resposta de vocês!
Vou indo nessa,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!



Crédito das imagens

Arwen
Saraiva
Submarino
Vai Lendo
De Rasteirinha

domingo, 18 de junho de 2017

Resenha:Com Você

Livro:Com Você
Autora:Juliana Parrini
Páginas:490
Formato:E-Book


Sinopse

Letícia Liana tinha motivos de sobra para comemorar a sua vida. Depois de ficar conhecida nacionalmente por escapar de um acidente aéreo fatal, a psicóloga divide seu tempo entre seu consultório, palestras motivacionais e vídeos na internet.
Sua vida era, aparentemente, perfeita. Porém, à noite, sozinha em seu quarto, afogada em pensamentos autodestrutivos, todas as cargas de ser o motivo de esperança para as pessoas pesavam e Letícia sentia no corpo e na alma as dores de um fortuito destino.
Conrado Vitti tinha problemas. Letícia sabia e a forma misteriosa que sentia desejo em ajudá-lo ia além das grosserias do homem com o coração ferido.
Decidido a confrontá-la por não concordar com seus conceitos, Conrado se vê diante do maior desafio da sua vida: se apaixonar pela mulher que mais discordava na vida.
Divergindo opiniões, Conrado e Letícia terão que aprender juntos que a existência não é uma batalha de razões e sentidos. Ela precisa ser vivida, sem que o passado a interrompa impedindo-os de seguir em frente.




Oi gente!Como vocês estão?Foram bem no fim de semana?
Desculpem minha ausência ontem,mas foi dia de evento literário e acabei chegando em casa muito mais tarde do que eu planejava,mas o importante é que foi tudo muito lindo!
Hoje vamos falar sobre um livro que já deveria ter trazido aqui há algum tempo:estou falando de Com Você,da autora Juliana Parrini.
Quem me conhece sabe que sou fã das histórias da Ju.Ela sempre tem um jeito muito particular e delicado de narrativa que é muito gostoso de se ler.

Bem,falemos aqui nós temos a história de Conrado e Letícia.
Letícia é uma psicóloga que escapou por pouco de um acidente aéreo.Ela acabou não embarcando no avião que teve um trágico destino.
Por ser a sobrevivente,ela ficou reconhecida,tem seu trabalho como psicóloga,realiza palestras e tem também seus vídeos motivacionais na internet.
Seria uma vida perfeita,mas nada tira da cabeça dela aquele voo e as pessoas que estavam nele.
Em um bar,ela é desafiada por seus amigos a testar suas habilidades de psicóloga,procurando pela pessoa mais triste no local:eis que ela acaba conhecendo Conrado Vitti.
Ele tem problemas,ela sabe.
Ele a reconhece de nome,mas não se importa.
Ninguém é capaz de ajudá-lo.Nem a famosa Letícia.
Nem por isso ela vai desistir tão fácil,mas o que fazer quando o paciente se torna mais que um paciente?
Um sentimento que ambos não estão acostumados começa a surgir.
Mas como fazer dar certo?
Muitos segredos,mistérios,tristezas e ambos com um passado complicado.
Aos poucos vão descobrir que vão ter que superar esse passado juntos.Até onde o passado pode influenciar o presente e o futuro dos dois?



Então pessoas,já deu pra perceber que vem muito romance por aí kkkkkkkk
Temos um new adult com diversos ingredientes que fazem de Com Você uma história que vai revelar muitas coisas para o leitor.
Letícia e Conrado são personagens que de cara já vemos que estão na vida,mas sem vivê-la,ambos vivendo à sombra do passado.
Eles são muito parecidos,com cicatrizes que não são visíveis,mas que a gente percebe em várias atitudes e gestos.
Letícia passa a imagem de pessoa auto confiante,decidida,com uma postura bem centrada.E Conrado acaba por desestabilizá-la,com uma postura mais incisiva e agressiva em alguns momentos.
Atitudes claras de autopreservação e defesa.
Gostei da Letícia.Ela tem uma postura muito firme,mas em alguns momentos esse excesso de confiança me irritou (me irritei com ela gente,calma kkkkkkkk),mas conforme a história vai se desenrolando,esse lado dela vai amolecendo.
Conrado foi outro que me irritou um pouquinho.Entendo tudo o que aconteceu com ele,mas ele podia ter sido mais sincero com a Letícia em muitas situações,evitaria algumas coisas que aconteceram e evitaria que ela acabasse descobrindo sozinha.
Mas mesmo com essas irritações,gostei muito dos dois,me identifiquei bastante com ambos.Eles são muito reais,muito próximos do leitor;A gente torce pra tudo dar certo,mesmo sabendo que não vai ser tão fácil.
E a narrativa....ah a narrativa.Coisa mais deliciosa é ler um livro escrito pela Ju.É muito fluida,extremamente emocionante,delicada e amorzinho.Ela trata os assuntos mais pesados com uma leveza incrível e com um ritmo de narrativa ótimo.Ela trafega no passado e presente com extremo equilíbrio e sem se perder ou deixar o ritmo da história mais lento.
Ela segue uma linha bem tranquila,sabendo colocar os sentimentos na hora certa,fazer rir quando necessário e surpreender sempre.
Aliás surpreender pra mim é uma das características da autora.Quem leu os outros livros dela sabe o que eu estou falando.
Ainda mais aqui,onde muitos segredos vão sendo revelados aos poucos,somos surpreendidos juntamente com os personagens.
E tem um detalhe:mais uma vez preciso dizer que talvez eu tenha xingado a Ju por causa do final hahahahahahaha
Não achei justo,fiquei com o coração na mão!E olha que eu já estava preparado porque tinha visto uma publicação da Ju no facebook falando pros leitores não xingarem ela hahahahahhahaa
Gente pra finalizar,esse é um livro onde vocês vão encontrar muita superação,amor,lições e a verdade de que algumas vezes precisamos de ajuda pra superar algumas situações,nem sempre é fácil admitir isso,de repente nem você mesmo saiba que precisa de ajuda,mas se alguém estiver disposto a ajudar,não recusem.Fica a mensagem dessa linda história,onde as emoções do leitor são levadas a níveis altíssimos ate a última página,onde vamos suspirar e torcer sempre para um final feliz.Mas será que é isso mesmo que a autora vai nos proporcionar?
Só lendo pra saber :D



" - Olhe fundo nos meus olhos,Letícia.Está vendo alguma coisa?
Estava petrificada e sem palavras.Ele estava perto demais.Eu conseguia sentir seu hálito,seu cheiro.
Porém,apenas faço que não com a cabeça.
- Pois é.Não há vida aqui."



"Isso era um erro.Um erro gigantesco.Porém,nada me faria pará-lo.Eu estava ligada a ele de alguma forma ainda incompreensível."



"Nem sempre a minha felicidade é a sua,e precisamos entender isso.Tudo bem que a maioria das pessoas não sabe o significado da palavra felicidade,mas um dia,um dia com certeza saberão."



"Eu sorria para os outros,mas,para mim,eu me maltratava e me dilacerava em doses homeopáticas de cobranças."



"Nem sempre o que eu quero é o melhor para mim e,às vezes,precisamos ligar o foda-se para algumas coisas,senão tudo fica monótono e sem vida."




Então pessoas,gostaram da resenha de hoje?Espero que sim,da mesma forma como amei ter lido mais um livro da Ju e como adorei ter feito essa resenha.
Por enquanto só temos Com Você em e-book,mas quem sabe futuramente teremos livro físico,vamos torcer.
Pra quem não conhece muito o trabalho da Juliana Parrini,ela é autora dos livros Depois do Que Aconteceu e Antes Que Aconteça,Novamente Você e dos e-books Tudo Ou Nada,Enquanto O Sol Brilhar,Com Você e Com Ela.
Recomendo demais as histórias dela,principalmente pra quem gosta de um romance bem escrito,com altas doses de reflexão,emoções à flor da pela e claro,muito amor!
Ah quase esqueci:tem continuação!Vou deixar os links da Amazon pra vocês adquirirem.
É isso gente,vou indo nessa.Não esqueçam de comentar se já leram,se pretendem ler,o que acharam.....
Boa semana pra vocês!
Até a próxima postagem!


Com Você


Com Ela

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Resenha:Lugares Escuros


Livro:Lugares Escuros
Autora:Gillian Flynn
Páginas:352
Editora:Intrínseca
Tradução:Alexandre Martins


Sinopse

Libby Day tinha apenas sete anos quando testemunhou o brutal assassinato da mãe e das duas irmãs na fazenda da família. O acusado do crime foi seu irmão mais velho, que acabou condenado à prisão perpétua. Vinte e quatro anos depois, quando é procurada por um grupo de pessoas convencidas da inocência de seu irmão, Libby começa a se fazer as perguntas que até então nunca ousara formular. Será que a voz que ouviu naquela noite era mesmo a do irmão?
Gillian Flynn intercala a trajetória detetivesca de Libby com flashbacks dos acontecimentos do dia do crime com tanta habilidade que o leitor é levado a diferentes direções. Escrito com primor, Lugares escuros não só mostra como a memória é passível de falhas, mas também evidencia as mentiras que uma criança pode contar a si mesma para superar um trauma.



Fala pessoal!Tudo certinho com vocês?Passaram bem o feriado?
Vamos hoje então com a resenha do último livro que li mês passado:Lugares Escuros da autora Gillian Flynn.

A personagem principal é a Libby Day,uma mulher que vive solitária.Um fato da sua infância lhe atormenta até hoje:ela viu sua mãe e as duas irmãs serem assassinadas na fazenda.
E o condenado por esse terrível homicídio é ninguém menos que Ben,seu irmão.
Desde então,Libby vive da ajuda das pessoas que tiveram pena dela,mas seu dinheiro está acabando.Sendo assim,ela acaba recebendo um estranho convite  de um clube que está interessado em remexer no passado dela e acima de tudo:provar a inocência de Ben que está preso.
Conforme Libby vai descobrindo algumas coisas,mas ela se questiona se realmente quem ela viu assassinando a família foi mesmo seu irmão.
Será possível confiar na memória de infância?
Que segredos estão por trás disso?
Seria seu irmão apenas mais uma vítima?



Pessoas queridas, que livro um tanto quanto confuso,principalmente nas primeiras páginas.A história demora a engrenar,a protagonista fica divagando sobre o passado e voltando para o presente....foi difícil me manter no ritmo da história.
A trama demora demais a transcorrer,ficando em um ritmo muito lendo e com as divagações da Libby.As coisas melhoram quando ela de fato começa a investigar e se questionar algumas coisas e sair da sua zona de conforto pra enfrentar seu passado.
Por esse ritmo mais lento no início,acaba que no final a autora colocou muitas informações ao mesmo tempo pro leitor processar,achei que ela poderia ter feito de uma forma diferente.
Os personagens são bem no estilo da Gillian Flynn:nem um pouco confiáveis.A própria protagonista não é exemplo de heroína e sobrevivente,pelo contrário,ela mesma se questiona,questiona suas atitudes e conceitos de certo e errado.
São personagens misteriosos,que acabam dando um nó na cabeça do leitor,nos levando a desconfiar de todos e todas as possibilidades possíveis.
Achei Ben passivo demais em meio a toda onda de intrigas,mesmo preso ele poderia ter falado algumas coisas que ajudariam,mas não fez e por conta disso vieram algumas consequências.
Libby é uma mulher sozinha,com seus temores e que já perdeu quase tudo e provar a inocência do irmão de repente parece ser não só possível,mas a única coisa que vai manter a sanidade dela.Achei ela meio inconsequente em muitas partes,mas em alguns momentos admirei a coragem dela. 
O ambiente da história é bem misterioso,envolto em suspense,intrigas e segredos que vão sendo revelados e que vão alterar toda a situação.
No geral foi uma leitura que pra mim oscilou bastante,com algumas surpresas,algumas situações bem previsíveis.Não gostei da motivação de alguns personagens,simplesmente não me convenceram.
Aliás vou ser sincero:os personagens não me convenceram.A impressão que passa é que uma simples atitude por parte de um dos personagens poderia ter resolvido tudo.
Problemas de condução,mas com um estilo de narrativa bem característico da Gillian,mas que não combinou muito com a ideia de trama que ela tinha em mente.
Gostei bastante de algumas partes do desfecho final,que acabaram fazendo sentido,principalmente o grande segredo de Ben,que com certeza foi a melhor parte.
Ali a autora me ganhou mais na história e fez com que eu desse uma nota boa no final de tudo.
Quem não está acostumado com thrillers,não recomendo começar por esse,pode ser que vocês se percam na leitura,mas outros livros da autora são ótimos para começar,como Objetos Cortantes.
Ainda não foi em Lugares Escuros que a autora me ganhou.Senti falta de alguma coisa mais objetiva ao invés de tantas coisas sendo colocadas de uma vez só para o leitor,mas mesmo assim a escrita da Gillian é bem afiada,sombria e sem espaço para heróis,somente para pessoas reais com seus demônios interiores,errando e acertando.
Suspense,segredo,mistério,assassinatos,prisão....estejam preparados para encontrar tudo isso e um pouco mais nesse que é um dos livros de maior sucesso da Gillian Flynn!




"Eu tenho uma maldade dentro de mim,tão real quanto um órgão.Corte minha barriga e talvez ela escorra para fora,viscosa e escura,e caia no chão para que você possa pisar nela.É o sangue dos Day.Há algo de errado com ele."



" - Mas é uma teoria sólida,certo?
- Tudo é uma teoria,por isso é um mistério! - falei,imitando-o. - Apenas um grande mistério."



" - Libby,você não tem como vencer este jogo.Se eu lhe digo que sou inocente significa que você é culpada,você arruinou minha vida.Se digo que sou culpado...Não acho que isso vai fazer você se sentir muito melhor.Certo?"



"... Você precisa crescer,Libby.Precisa escolher um lado.Você pode passar o resto da sua vida tentando descobrir o que aconteceu,tentando raciocinar.Ou pode simplesmente confiar em si mesma.Escolha um lado.Fique do meu.É melhor."




É meu povo,gostaram da resenha?Queria ter gostado mais dessa leitura,mas não foi decepcionante porque simplesmente sempre que pego algum livro da autora fico com o pé atrás,então foi bem tranquilo lidar com os pontos negativos.
Pode ser que esse livro seja pra vocês,mas sinceramente não me pegou como eu gostaria que tivesse pego kkkkkkkkkk
Mas me digam o que acharam dele,se já leram,se pretendem ler......
Vou indo nessa gente,amanhã volto com mais postagem e uma resenha muito muito especial!!
Bom final de semana pra vocês!
Grande abraço!