terça-feira, 19 de junho de 2018

Evento:Booktour Hex


Fala galerinha!Como vocês estão?Vamos falar hoje sobre algo que amo de paixão que são os eventos literários e sessões de autógrafos.
Na quarta feira dia 13/06,tivemos um dos primeiros eventos com sessões de autógrafos da editora Darkside.E o autor escolhido pra começar em grande estilo foi o holandês Thomas Olde Heuvelt,autor do livro Hex.
Há alguns meses o próprio autor divulgou em suas redes sociais que viria ao Brasil,inclusive antecipando algumas cidades.Desde então,minha expectativa só cresceu.A única coisa que eu não queria era que fosse num dia de semana,mas não é que o evento foi numa quarta?Tudo bem que o horário era bom,as senhas começariam a ser distribuídas às 18 horas e às 19 horas começaria o bate papo.O problema é que saio do trabalho exatamente às 18 horas.



Pra minha sorte,consegui trocar de horário nesse dia e sair às 16 horas.Aí vem o outro problema:o local do evento.Era em Botafogo,bairro da zona sul aqui do Rio.Até aí tudo bem,chegar em Botafogo é bem tranquilo,principalmente quando as sessões de autógrafos são nas livrarias,mas dessa vez o local escolhido foi num pub da região chamado Olho da Rua.
Fiquei o dia todo olhando no mapa como eu chegaria ali,porque sou péssimo com localização de ruas.
Saí do trabalho correndo pra chegar lá num horário bacana,já contando que de repente eu fosse me perder kkkkkkkkk
Cheguei no local antes das 17 horas (graças ao dono do barzinho que me disse pra onde era a rua hahahahahhaha).Tinham duas pessoas já na fila e logo acabei fazendo amizade com eles.Ficamos algumas horas rindo muito,contando várias histórias de eventos passados e duas das meninas acabaram me reconhecendo de eventos anteriores.



Conforme as horas iam passando,a ansiedade aumentava.Chegou às 18 horas e nada de distribuírem a senha.Pouco depois das 19 horas,começaram a distribuir a senha e liberar a entrada para o pessoal.Gente,o ambiente era muito bacana,muito a cara da Darkside,um ambiente mais dark e intimista.Logo na entrada,já ganhamos um pôster e um copo do livro.
Depois que todos estavam acomodados,demorou uns 20 minutos para começar o bate papo, que seria mediado pela Raquel Moritz (do canal Pipoca Musical) e com tradução da Bruna Miranda (do canal Bruna Miranda).O autor foi uma simpatia desde o início.Ele explicou como começou a ter o contato com a escrita,a escrever Hex e toda a estruturação dele.Na versão original holandesa,o livro tinha um final diferente,mais pesado de acordo com o próprio autor.


Originalmente a história se passa toda em um cenário holandês,mas para que os leitores se identificassem com a história,os personagens e os locais,ele reescreveu o livro para uma versão americana.Inclusive depois que ele reescreveu a história,até mesmo a sua editora holandesa preferiu a versão americana que desde então é a edição comercializada por lá e em vários países.O final da versão holandesa?Esse sim permanece um mistério kkkkkkkkk
Depois do bate papo começou a sessão de autógrafos.Minha vez chegou bem rápido porque eu era um dos primeiros.O cara é uma simpatia com todos,ainda arrisca umas palavras em português.Perguntou se eu já tinha lido,o que achei da história...no final,ainda tirei aquela foto com ele e com a "bruxa" Katherine kkkkkkkkk


Minhas considerações.Achei super interessante a editora ter trazido um evento desse porte para um ambiente fora do convencional.Um pub onde todos estavam bem a vontade bebendo seu refrigerante,sua cerveja e o autor andando entre todos e conversando com muitos.Um ambiente muio íntimo e acolhedor que gostei bastante,deu pra perceber a proximidade do leitor com o autor.Super acerto da editora que já começou arrasando nos eventos literários.
Ponto negativo ficou por conta do atraso.O pessoal da editora é muito simpático e talz,mas no evento estava bem claro que a distribuição das senhas seria às 18 horas,o que não aconteceu.Atrasos acontecem,mas podia ter chegado alguém e comunicado as pessoas na fila.Mas são coisas que com certeza para os próximos eventos eels estarão mais atentos,tenho certeza.

Crédito;Darkside Book

Não vou nem comentar sobre a data escolhida porque de repente era a data que o autor tinha disponível,mas lógico que o ideal seria um fim de semana.
Enfim,o importante é que foi um dia maravilhoso,perto de amantes da literatura,podendo conhecer pessoas incríveis e mega engraçadas e um autor super carismático que com certeza já tem um lugar no coração dos brasileiros.Já queremos que ele volte!








Bom gente,gostaram da postagem de hoje?Espero que sim e espero que vocês tenham tido a oportunidade de conhecer o autor.Com certeza pra mim valeu super a pena!
Vamos esperar que outros livros do Thomas cheguem por aqui pra que ele possa voltar.
Pessoal por hoje então é só,espero demais que tenham gostado.
Nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Resenha:Caraval


Livro:Caraval
Autora:Stephanie Garber
Páginas:400
Editora:Novo Conceito
Tradução:Camila Fernandes


Sinopse

Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.
Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.
O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.


Oi gente!Tudo certinho com vocês?Acho que meio que virou tradição toda segunda feita rolar resenha por aqui hahahahahhaa
E vamos continuar com a tradição então.O livro da vez é um que desde o seu lançamento há um tempinho atrás vem me chamando atenção,mas somente recentemente tive a oportunidade de ler:Caraval,da autora Stephanie Garber,publicado pela editora Novo Conceito.


Ah o Caraval,maior espetáculo da Terra,assim conhecido por todos.Desde crianças Donatella e Scarlett são fascinadas pelo espetáculo que nunca se apresenta mais de uma vez no mesmo lugar.Scarlett desde então tem escrito cartas para o Mestre Lenda pedindo para que eles venham para a sua região para que ela possa enfim juntamente com a sua irmã ao espetáculo.Só que nunca obteve resposta.
O tempo passou e agora crescida,Scarlett foi prometida em casamento para um total desconhecido conde,o que praticamente torna seu sonho de conhecer o Caraval impossível.
Ela só não contava com a teimosia de sua irmã Donatella..E é com essa teimosia que juntamente com um misterioso marinheiro,Donatella consegue ingressos para o espetáculo que irá acontecer em uma ilha próxima e arma um plano para que consigam convencer Scarlett a se aventurar nos mistérios desse jogo.
Só que eles vão descobrir que o Caraval é muito mais que um jogo.É um perigo mortal que não irá poupar ninguém.
Nossas protagonistas estarão prontas para esse jogo mortal?

"Lembre-se.é apenas um jogo."


Como eu queria ler esse livro quando foi lançado.Só não comprei ele assim que foi lançado porque provavelmente o livro será uma trilogia e a Novo Conceito muitas vezes deixa suas séries inacabadas.Mas vi em promoção a edição capa dura,então resolvi arriscar.
O livro tem muita magia do início ao fim,o que contribui pra uma leitura muito rápida apesar das suas 400 páginas.
Nossas protagonistas são muito diferentes entre si.Enquanto Scarlett é mais contida,procura seguir as regras e o casamento com um desconhecido,Donatella é mais arisca,rebelde e sem medo de se arriscar.Por conta desse estilo,Donatella vai colocar todos em perigo,inclusive a si mesma.
Confesso que achei Donatella inconsequente demais.Parece aquele tipo de garota mimada que faz o que quer,independente das consequências.Mas é por conta disso que temos o enredo da história.

"O que quer que tenha ouvido sobre o Caraval não se compara à realidade.É mais do que só um jogo ou apresentação.É a coisa mais parecida com magia que você verá neste mundo." 


O Mestre Lenda é quase uma entidade.Ninguém nunca o viu e muitas especulações envolvem seu nome.Bom ou mal?Tudo depende do seu ponto de vista.
A magia criada autora é muito envolvente.Não é só mágica estilo bruxaria,mas magia do tipo que podemos ver em um espetáculo mágico de verdade.E isso torna a história muito visual,muito vívida para os leitores.
E essa magia vai nos trazer cenas de muito suspense e muita aventura.Só que a forma como a autora vai trabalhando isso no decorrer da história acaba ficando muito misturada.Ela foi muito bem no início,trabalhando bem os aspectos mágicos,mas aos poucos senti que ela foi perdendo um pouco o foco.E isso aconteceu com o mistério da história.Ela quis deixar o leitor na expectativa,surpreender no final,mas acabou saindo uma confusão só,dando um nó na cabeça do leitor e mesmo depois de terminar a leitura não temos totalmente certeza das respostas.Talvez isso tivesse dado certo se ela não ficasse revirando o mesmo ponto várias vezes ao longo do livro.Vou dar um desconto porque ainda temos continuações e ela deixou um gancho bacana para as continuações,mas exagerou demais no quesito mexer com a mente do leitor.

"Cada pessoa tem o poder de alterar o destino se for corajosa o bastante para lutar pelo que deseja acima de tudo."


Temos um romance aqui que começa de uma forma meio infantil,mas que vai amadurecendo aos poucos em meio a alguns perigos e compromissos.Pra quem não curte romance,fiquem tranquilos que não é o principal da história.A história se baseia no desaparecimento de Donatella na ilha e a busca de Scarlett e Julian por ela.E é nessa busca que eles vão desenvolver um sentimento um pelo outro.
A escrita da autora é bem simples,com alguns toques fantásticos bem elaborados,mas com excesso de elementos sem conseguir trabalhar bem com cada um deles.
Mesmo assim,a simplicidade da sua escrita vai nos envolvendo dentro daquele mundo do Caraval de uma forma bem bacana.Praticamente entramos de cabeça dentro desse espetáculo.Faltaram explicações?Sim.Muitas coisas não ficaram claras?Sim.


"A esperança é uma coisa poderosa.Alguns dizem que é uma espécie completamente diferente de magia.Esquiva,difícil de agarrar.Mas basta um pouco."


Não sei se esse foi o propósito da autora,mas encaro esse primeiro livro como uma introdução a esse mundo fantástico,por isso ela deixou as questões mais superficiais.Pelo menos não ficamos perdidos dentro da história.Acredito que na continuação (que já foi lançada lá fora)veremos muitas pontas soltas sendo amarradas e alguns questionamentos respondidos.
De qualquer forma,Caraval é uma história que nos transporta para um mundo fantástico de magia,perigos e mistérios,que nos mostra que a linha entre o bem e o mal pode ser mais tênue do que imaginamos
Esperava mais da história,mas conseguiu me entreter bastante e me deixar curioso com as continuações.Vamos esperar que a editora traga pra gente em breve.


Então gente,gostaram da resenha de hoje?Espero demais que sim.Não vou dizer que esse livro foi uma decepção porque já tinha visto algumas resenhas e já fui me preparando para o que eu iria encontrar aqui,mas mesmo assim esperava mais.Vamos esperar que os próximos livros sejam melhores e a autora nos surpreenda.
Bom pessoal então é isso,não deixem de comentar o que acharam,se já leram,se querem ler...
Nos vemos na próxima postagem!
Ótima semana pra vocês!
Grande abraço!

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Séries e Trilogias Na Estante


Oi gente!Tudo certinho com vocês?Vamos conversar sobre um assunto que acredito que muitos vão se identificar.Quem é leitor sofre com aquele trauma de ter muitos livros na estante sem ler.E pior ainda:muitos acabam sendo séries,trilogias,duologias por motivos diverso.Pensando nisso,resolvi mostrar pra vocês quais as minhas séries,duologias ou trilogias que estão parados aqui na estante por algum motivo.
Vamos começar?








Um Tom Mais Escuro de Magia
V.E.Schwab
Record


O primeiro livro eu já li na verdade.Já era pra eu ter lido o segundo livro,mas acabei deixando ele parado aqui.Acredito que essa história deve ser uma trilogia,então tô pensando em deixar parado aqui na estante mesmo até o último livro ser lançado,mas vamos ver.









Série Batidas Perdidas
Bianca Briones
Verus


Gente eu amo essa série,muito mesmo.Mas desde que o último livro (até onde a gente sabe kkkkkkk) foi lançado,deixei o último parado por aqui,não sei bem o motivo.Na verdade tenho até vontade de reler a série,porque como comecei a ler tem bastante tempo,muita coisa com certeza eu já esqueci.Quem sabe rola projeto de releitura ano que vem.









Crônicas de Amor e Ódio
Mary E.Pearson
Darkside


Não sei porque ainda não peguei essa trilogia pra ler.Amei o primeiro livro,fiquei empolgado quando as continuações saíram,mas cadê que eu dei seguimento?
Provavelmente esse ano não vou ler,mas em 2019 vai rolar projeto porque quero muito saber o desfecho dessa trilogia.









Trilogia dos Espinhos
Mark Lawrence
Darkside


Há séculos que quero ler essa história.Inclusive lembro que os livros separadamente estavam esgotados.Aí a Darkside lançou essa edição caprichadíssima.Lógico que fui comprar o quanto antes,mas ler?Isso aí foi ficando mais pra frente hahahahahaha
Nem o primeiro livro peguei pra ler ainda.Acho que vai ficar pra 2019 também,mas não sei se rola projeto,vamos ver.









O Reino das Vozes
Sophia Abraão e Carolina Munhóz
Rocco


Comprei esses livros esse ano.Adoro a escrita da Carol,bem levinha e tranquila de ler.Talvez ainda esse ano eu resolva ler,mas normalmente dou um intervalo entre os livros da Carol porque os assuntos costumam ser parecidos em alguns aspectos.
Mas tá aqui na fila!









Segredos e Traições
Tatiana Amaral
Ler Editorial


Eu juro que tento gostar da escrita da Tati,mas tá difícil.Ainda não peguei uma história dela que me convença,então sempre acabo adiando a leitura dos livros dela.Mas essa duologia me deixa esperançoso,acho que pode ser a oportunidade de começar a me apaixonar pela escrita da autora.Mas mesmo assim acho que não rola esse ano.









Feita de Fumaça e Osso
Laini Taylor
Intrínseca


Tem séculos que esses livros estão por aqui.Fui comprando os livros em promoção,dois deles na Bienal do Livro de 2015 se eu não me engano.Quero começar a ler essa trilogia,até porque as poucas opiniões que li foram bem positivas.
Será que ainda leio esse ano?









Trindade Leprachaun
Carolina Munhóz
Rocco


O primeiro livro dessa trilogia tem um lugarzinho especial no meu coração.Foi um dos primeiros que autografei em um evento literário e a primeira vez que conheci a Carol.
Só que acabei demorando demais pra adquirir os outros livros da trilogia.Então a história do primeiro livro acabou ficando muito vaga na minha mente agora,então vou ter que reler pra pegar as continuações.Quando?Veremos...









Trilogia The Game
Anders de La Motte
Darkside


O primeiro livro dessa trilogia é muito legal,mas tive muitas dificuldades com os nomes suecos.Isso acabou tornando a leitura mais cansativa,então acabei adiando naturalmente a leitura dos outros.Inclusive o último livro da trilogia só adquiri recentemente.
Vou precisar de muito cuidado pra ler esses livros,então pode ser que eu coloque um em cada mês pra ler,mas provavelmente só vai rolar ano que vem.









Filhos do Éden
Eduardo Spohr
Verus


Comprei recentemente a trilogia toda pra poder autografar com o autor.Já tem muito tempo que vejo muitas pessoas falando bem do autor,inclusive ele tem fãs que são muito fiéis.Desde que me aventurei no mundo dos blogs ouço falar do Edu,mas só agora resolvi comprar a ideia das histórias dele.Tenho vontade de pegar pelo menos o primeiro livro pra ler esse ano.









As Crônicas Vampirescas
Anne Rice
Rocco


Quem nunca ouviu falar na famosa série de vampiros da Anne Rice?Só recentemente consegui adquirir os três primeiros livros.Ainda não li porque quero ter a coleção completa (inclusive a saga das bruxas Mayfair) para ler em sequência.Talvez abra uma exceção para o primeiro livro pra ler em Outubro,quem sabe.









O Professor
Tatiana Amaral
Pandorga


Sim,mais livros da Tati que ainda não li nem o primeiro livro.Preciso achar o livro ideal dela,aquele que me prenda porque até agora tá complicado.Será que vai ser essa série?









Os Bridgertons
Julia Quinn
Arqueiro


A série é beeem longa,mas ela tá fluindo.Atualmente falta ler os livros seis,sete,oito e nove.Se tudo continuar no mesmo ritmo em Setembro vou ter terminado de ler todos eles.
Me desejem sorte pra continuar assim.









A Rainha Vermelha
Victoria Aveyard
Seguinte


Quando o primeiro livro dessa série foi lançado fiquei muito curioso.Mas quando peguei ele pra ler achei uma mistura de outras histórias tão grande que me deixou meio confuso.E como as continuações demoraram a sair acabei me desanimando,mas com certeza essa é uma série que pretendo retomar sim,só que ano que vem.









Dragões de Éter
Raphael Draccon
Leya


Série mais famosa do Draccon e que praticamente apresentou ele para o público.Comprei muito por impulso,admito.Não sei absolutamente nada da história,não li resenhas nem nada;Tô apostando na minha intuição que essa é uma boa série.
Espero não me decepcionar.









A Torre Negra
Stephen King
Suma


Série famosa do nosso querido King.Comecei muito empolgado em ler essa série,mas já no primeiro livro fiquei meio decepcionado.O segundo foi um pouco melhor,mas achei melhor dar uma pausa nessas leituras
Não sei quando vou retomar,mas de qualquer forma os livros estão aqui.









O Jogo Perfeito
J.Sterling
Faro Editorial


Pensem numa autora que eu amei conhecer.Ela é um amor,super alto astral e divertida.Mas na época eu só tinha comprado o primeiro livro,então decidir começar a ler quando tivesse as continuações.Esse ano acabei comprando os outros dois,mas não tenho previsão de começar a ler.









Função CEO
Tatiana Amaral
Pandorga


Essa era a trilogia da autora que eu mais estava com vontade de ler,de verdade.Aí peguei o primeiro livro...gente,que decepção.Pensem numa história onde tudo é motivo para sexo?
Chega uma hora que tudo fica cansativo demais.
Minha esperança foi que o final dele foi mais empolgante em termos de história.Só não sei quando pego as continuações.









Corte de Névoa e Fúria
Sarah J.Mass
Galera Record


Não é que acabei gostando dessa história?Gostando tanto que se tudo der certo pego o segundo livro esse mês pra ler e dependendo de como transcorrer,mês que vem finalizo a trilogia.
Sarah J.Mass aos poucos vai me conquistando.









O Lar das Crianças Peculiares
Ransom Riggs
Intrínseca


Essa é uma trilogia que com certeza vou finalizar esse ano.Acho até que mês que vem pego o segundo livro.Não é uma história que eu particularmente ache espetacular,mas prende o leitor principalmente pelo lado visual.
Vamos ver como o autor finaliza essa história.









Legado Ranger
Raphael Draccon
Rocco


Mais uma trilogia do Draccon.Ponho mais fé nessa trilogia inclusive.Comprei recentemente num surto que me deu quando sai comprando todos os livros do autor hhahahahahaha
Acho que esse ano vai ser complicado de pegar,mas quem sabe.









After Dark
A.C.Meyer
Universo dos Livros


Amo forte essa série.Amo a escrita da Andrea.Como demorei pra comprar o último livro.Não sei o motivo,mas ele sempre estava muito caro.Falta ler só ele pra finalizar a série,então com certeza finalizo em breve.









Monstros da Violência
Victoria Schwab
Seguinte


Finalizando,temos a duologia Monstros da Violência.Li o primeiro livro,gostei bastante e agora tô na expectativa pra finalizar.Não sei quando pretendo ler,mas acho que em breve.
Curioso pra ver o encerramento dessa história.







E aí gente,gostaram da postagem de hoje?Foram todas as séries que tenho pendentes na minha estante.Viram que tem muita coisa kkkkkkkk
É justamente por isso que tenho evitado comprar livros que tenham continuações porque se com livro único a nossa vida já tá difícil,colecionar séries tá mais complicado ainda hahahahahhaa
Bom pessoal,por hoje então é só,espero que tenham gostado.Não esqueçam de comentar o que acharam!
Quais as séries vocês tem pendentes na estante?Me contem!
Vou indo nessa,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Lançamento:Heroínas


Oi gente!Tudo certinho com vocês?Lembram que na última postagem sobre eventos literários (lançamento de Deuses Caídos)eu disse que no mesmo dia tinha um outro evento que eu tinha ido?Pois é,hoje vamos falar sobre esse evento maravilhoso que foi o lançamento de Heroínas,das queridas Ray Tavares,Pam Gonçalves e Laura Conrado na Livraria Travessa do Shopping Leblon dia 09/06.
A sessão de autógrafos começou às 17 horas,porém no dia anterior eu soube que teria retirada de senhas à partir das 10 horas.Fiquei meio preocupado porque mais cedo eu já ia comparecer a outro lançamento.


Qual era a minha ideia?Sair mais cedo de casa,ir para o Leblon pegar a senha,ir para o evento de Deuses Caídos e depois ir para o lançamento de Heroínas.Só que aconteceu tanta coisa aqui em casa que acabei mudando toda a minha programação.
Resultado?Sai do Centro para o shopping Leblon às 18 horas cheio de medo de não conseguir mais senha para o evento.


Adoro os eventos lá na Travessa.O ambiente é muito acolhedor e simpático.
Chegando lá já fui direto pro caixa ver se ainda tinha senha e graças a Deus ainda tinha.
Apenas uma observação:a caixa falou que me conhecia de algum lugar.Não sei se isso significa que ando comprando muitos livros ou indo a muitos eventos,mas enfim kkkkkkkkk
Pra minha surpresa não tinha muita gente.Na minha frente tinham umas três pessoas.
Chegou a minha vez e rever essas meninas é sempre especial.Laura Conrado foi a primeira vez que conheci e já adorei,ela é um amor de pessoa.
O que dizer da Pam?Sou fã dela como booktuber e como autora,inclusive é uma das inspirações pra mim quem sabe futuramente começar a escrever.


A Ray é uma fofa!Aquele tipo de pessoa que dá vontade de colocar num potinho e levar pra casa.Tava com muitas saudades dela!Ela ainda lembrou da resenha que fiz aqui dos Doze Signos de Valentina,é ou não é pra amar?
Sem falar que ainda levei o livro da minha querida amiga Bruna pra autografar,já que ela está se recuperando de uma cirurgia. (Bruninha quero ver você boa em breve nos eventos!)
Foi um reencontro repleto de muitas risadas,abraços e energia positiva!Espero que as meninas tenham muito sucesso não só com Heroínas,mas com seus próximos livros.
Pra finalizar,foi um evento muito tranquilo,com uma fila bem organizada,com muita oportunidade de bater aquele papo com as autoras e o pessoal da Record como sempre uma simpatia sem igual.
Foi um sábado agitado e corrido,porém incrível!Que venham mais dias assim!









Sinopse

Não faltam heróis. Dos clássicos às histórias contemporâneas os meninos e homens estão por todo lugar. Empunhando espadas, usando varinhas mágicas, atirando flechas ou duelando com sabres de luz. Mas os tempos mudam e já está mais do que na hora de as histórias mudarem também. Com discussões feministas cada vez mais empoderadas e potentes, meninas e mulheres exigem e precisam de algo que sempre foi entregue aos meninos de bandeja: se enxergar naquilo que consomem.
Este é o livro de um tempo novo, um tempo que exige que as mulheres ocupem todos os espaços, incluindo a literatura.
Laura Conrado imaginou as Três mosqueteiras como veterinárias de uma ONG, que de repente contam com a ajuda de uma estudante que não hesita em levantar seu escudo para defender os animais.
A Távola Redonda de Pam Gonçalves é liderada por Marina, que diante do sumiço do dinheiro que os alunos de sua escola pública arrecadaram para a formatura, desembainha a espada e reúne um grupo de meninas para garantirem a festa que planejaram.
E Roberta é a Robin Hood de Ray Tavares. Indignada com a situação da comunidade em que vive, a garota usa sua habilidade como hacker para corrigir algumas injustiças.
Este é um livro no qual as meninas salvam o dia. No qual elas são o que são todos os dias na vida real: heroínas. Finalmente.









Então gente,gostaram da postagem de hoje?Adoro trazer os eventos literários aqui pra vocês.É uma forma de mostrar um pouquinho do que rola em cada sessão de autógrafos.E se preparem que em Junho tem mais vindo por aí!
Galerinha então por hoje é só,espero que tenham gostado.Pessoal de São Paulo se preparem que as meninas estarão lançando Heroínas na Bienal!
Vou indo nessa gente,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!