segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Preconceitos Literários





Fala pessoal!!Tudo bom com vocês?Espero que sim,que tenham tido um excelente fim de semana.
Hoje resolvi postar sobre um tema que volta e meia debato com meus amigos:preconceito literário;Esse tema é bem polêmico mas acho necessário falarmos sobre ele,inclusive já era pra ter falado sobre isso por aqui há bastante tempo.
Então,vamos do início;A grande questão que temos que pensar é:quantas pessoas tem o hábito da leitura mais precisamente aqui no Brasil?Sabemos que o número é pequeno se comparado a muitos países.Partindo desse princípio temos que entender que uma pessoa que começa o hábito da leitura por um livro digamos mais popular ou fora de contexto,já é uma vitória muito grande.
Não é porque alguém lê clássicos que é mais culta ou mais estudada ou mais experiente do que uma que busca ler literatura atual e popular.
Dentro desse tema,temos alguns títulos polêmicos como:Cinquenta Tons De Cinza,Crepúsculo.....inclusive muitas pessoas que já leram esses livros tem vergonha de admitir que leram justamente pela preocupação sobre o que as pessoas ao redor vão pensar.Gente,se você tem vontade de ler Crepúsculo,vai em frente e seja feliz,seja você homem,mulher,adulto ou adolescente.Toda leitura trás algo pra nossa formação,que enriquece nosso conhecimento e nossa imaginação,jamais podemos descartar esses títulos atuais e os clássicos também,tudo é questão de gosto.Nem sempre temos vontade de ler alguma obra clássica ou uma literatura mais atual,temos que levar em conta a nossa vontade e ninguém tem nada a ver com isso.
Outra situação que vejo muito é:"ah mas esse livro é livro de menina/menino"......NÃO existe essa coisa de esse livro é de menino e esse outro é de menina.Livro é livro.Lógico que tem histórias que tem uma abordagem mais feminina ou masculina,mas não significa que não possa ser lido por ambos,muito pelo contrário.Acho fantástico essa troca de experiência dos dois mundos,eu pego a mim mesmo como exemplo quando fui ler o livro Não Se Apega Não,Aprendi muito lendo esse livro,lições que levo pra vida mesmo e que servem pra todos,Costumo dizer que todos tem que ler esse livro.
Combater esse preconceito literário não é fácil,pelo contrário.Muitas vezes esse preconceito parte de nós mesmo.Sei disso porque eu tinha esse preconceito com relação a trilogia da Seleção e custei a me desprender disso,Aliás tive ajuda nisso e muitas vezes esse incentivo é importante pra nos livrarmos disso.
Confesso que hoje em dia me policio bastante com relação a isso,não me privo de ler um livro por conta de opiniões que falam que determinado título é livro de menina ou simplesmente porque é livro da moda.
Falo sem problema algum que li toda a coleção de Crepúsculo,gostei muito,com algumas ressalvas,lógico,li a trilogia 50 Tons,não gostei tanto mas li e não tenho o menor problema de admitir,assim como outros livros e mesmo assim não deixo de ler clássicos.
Meu recado pra vocês é:leiam.Não se deixem levar por certas opiniões preconceituosas e que em nada acrescentam.Se tiver vontade de ler,leia.Gostar da história ou não é outra coisa,mas você teve vontade de ler e leu e isso sim faz toda a diferença.
Jamais tenham vergonha do livro que estão lendo.Se alguém perguntar,respondam,não tenham vergonha de falar.O maior orgulho de todos é poder falar:eu LEIO e isso basta,simples assim.
Gente por hoje é só,espero que tenham gostado.Espero que vocês possam refletir um pouco com relação a esse assunto,que possam se policiar e se desprender desses preconceitos que muitas vezes fazem com que estejamos perdendo uma excelente leitura(isso estava acontecendo comigo na trilogia da Seleção).Leiam sempre e sejamos felizes!!
Grande abraço e excelente semana pra vocês,até a próxima!!!



créditos da imagem:
https://http://papeisnaescrivaninha.blogspot.com.br/

8 comentários:

  1. Nunca tinha visto ninguém falando desse tema e me fez pensar bastante, eu já li Crepúsculo, sou fã e adoro toda a história e tenho um carinho imenso por ter me feito conhecer esse mundo literária, mas atualmente não sei se eu releria a série, mas não tenho vergonha alguma de falar que já li e gostei bastante, Você me fez perceber que eu tenho preconceito com livros "de menino" sempre acho que não vou gostar,q eu vai ser muito violento ou com muita ação, então esse ano vou ler um livro desse gênero para tirar esse preconceito de mim.
    Enfim amei o post, parabéns
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Mandy,também nunca vi ninguém falando sobre o assunto,mas achei importante trazer esse tema pra ser discutido.Já li e reli Crepúsculo várias vezes,mas hoje também não sei se pegaria pra ler,mas admito que foi muito importante pra mim e gostei bastante também.
      Que bom que gostou do post!!Não deixa de ler algum livro só pq parece ser livro " de menino",muitos podem surpreender....quando estiver lendo algum desse gênero me fala qual é pra ver se já li e claro se quiser indicações pode falar comigo :)
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Amei seu blog!!*-* Estou seguindo.
    Depois dá uma passadinha no meu, espero que goste.

    Hungry Eyess

    Bjoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nayhara!!
      Vou passar por lá sim,pode deixar :D
      Bjos!!

      Excluir
  3. Gostei bastante do seu texto e vejo que o preconceito literário infelizmente é muito grande.
    Eu mesma comecei a me interessar pela leitura depois que li a série Crepúsculo, depois fui me aprofundando em outros gêneros, mas tudo começou por lá... Eu também faço Letras e vejo o quanto os próprios professores tem muito preconceito em relação aos livros mais populares. Para eles só serve se for aqueles clássicos, claro que são importantes e relevantes, mas também não podemos chamar de lixeratura os demais livros.
    Falar de preconceito literário é um assunto que dá pano para manga, além dos leitores sofrerem preconceito porque leem ao inves de assisti novela, porque muitos falam que é é perca de tempo... Ainda tem pessoas que separam livros por de meninos e meninas.
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Ângela.Vemos muito esse tipo de preconceito,principalmente entre os adolescentes.Temos que começar a mudar nossa mentalidade e abrir nossa mente pra todo tipo de leitura.Lógico que ler livro clássico é ótimo,mas nem por isso quem só lê clássicos é mais culto que quem lê livros atuais e nem o contrário.O importante é ler,cada um tem seu tipo de preferência de literatura,o importante é todos respeitarmos e sermos respeitados por isso :)
      Com certeza esse tema daria um debate muito interessante!!
      Obrigado por passar por aqui!!
      Beijos!!!

      Excluir
  4. Oi Cláudio!
    Muito boa a discussão... Acho que o que importa é ler e ponto final, cada um deve achar o tipo de leitura que lhe agrada e ter sempre a mente aberta com relação à todos os tipos de livros. Acho que qualquer livro que acrescenta alguma coisa na nossa vida já é válido.
    Fiz um post parecido no meu blog, se quiser ver: http://pfslivros.blogspot.com.br/2014/09/falando-sobre-democratizacao-da.html

    Estou seguindo já, abraços!
    Marina Cases
    Precisamos Falar Sobre Livros - http://pfslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina!!
      Poxa obrigado,acho que realmente precisamos de um debate de temas desse tipo de vez em quando.....cada um tem que ler realmente o que tem vontade e descobrir o que realmente gosta,como disse o importante realmente é ler sem medo de ser feliz!!
      Vou dar uma passada por lá!
      Abraços!!

      Excluir