domingo, 31 de julho de 2016

Resenha:Métrica



Título:Métrica
Autora:Colleen Hoover
Editora:Galera Record
Páginas:304
Tradução:Priscila Catão



Sinopse:

Após a perda inesperada do pai,Layken,de 18 ano,é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo.Por fora,ela parece resistente e tenaz;por dentro,entretanto,está perdendo as esperanças.Um rapaz transforma tudo isso:o vizinho de 21 anos,que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém;
A atração entre os dois é inevitável,mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.


Poesia,amor e tragédia





E aí pessoas!!!Como vão indo?Não reparem meu ritmo um tanto quanto parado no blog,mas é que resolvi dar uma aumentada nas minhas leituras,então tenho ficado muito tempo mesmo lendo.Uma ressaca literária estava a caminho,então mais um motivo pra intensificar meu tempo lendo.
Como falei pra vocês na última resenha as primeiras leituras da maratona literária de inverno foram bem decepcionantes mesmo.Porém nem só de leituras ruins essa maratona foi feita,pelo contrário.
Um livro em especial me chamou muito a atenção e me deixou completamente apaixonado e envolvido pela história:trata-se de Métrica.
Esse foi meu primeiro contato com a Colleen Hoover.Ouvi muitas pessoas elogiando demais ela,me recomendando e eu sempre acabava adiando a compra de um livro dela ou a leitura.
Aproveitei a oportunidade e resolvi dar um jeito nisso.


Temos aqui a história de Layken,uma jovem que após a morte do pai se vê obrigada a mudar para outra cidade juntamente com a mãe e o irmão mais novo.Só que essa mudança não era algo que ela quisesse.Novo local,nova escola,novos amigos...nada disso fazia parte dos seus planos,o que a deixa bem desanimada
Isso acaba mudando quando ela conhece seu novo vizinho Will e a amizade acaba fluindo,inclusive evoluindo para algo mais profundo.
Depois de um dia particularmente maravilhoso ao lado de Will nossa protagonista tem a certeza que as coisas não são tão ruins quanto parecem na nova cidade e ela começa a enxergar nele um novo amor em sua vida.
Isso tudo acaba quando ela comparece ao seu primeiro dia de aula e acaba tendo uma revelação que coloca em xeque todo o relacionamento entre eles.....será que o amor de fato ultrapassa todas as barreiras?





Comecei a ler Métrica de uma forma totalmente descompromissada,como forma de relaxar mesmo,mas parece que a Colleen me deu um tapa na cara com essa história.Simplesmente não conseguia parar de ler.
O ritmo da narrativa da autora é muito natural e na hora certa,quando você acha que está tudo bem,ela pega o coração do leitor e resolve espetar uma agulha lentamente nele
O grande mérito da história é o lado emocional.No início a gente acha que a trama será restrita só aos personagens principais,mas os personagens secundários tem os seus dramas e sofrem com eles.A carga emocional é bem alta,o leitor consegue sentir isso e a Colleen não deixa de tratar de nenhuma questão envolvendo esses dramas dos demais personagens,como a mãe de Layken,a Julia e a nova amiga da nossa protagonista,Eddie.
Por falar em Eddie,se preparem porque vocês darão altas risadas com ela.Basicamente ele é a amiga certa,no momento certo.Uma pessoa que fala o que pensa,sem filtros e que consegue fazer piada até da sua própria situação.
Will é um rapaz tranquilo que cuida do irmão após a morte dos pais,com uma alma sensível e que é apaixonado por Slam,uma modalidade de poesia,o que acaba deixando Layken ainda mais apaixonada.
A forma como a autora vai trabalhando aos poucos o leitor para as situações que vão acontecer é bem suave,bem delicado.É quase como se ela dissesse:Olha está tudo bem,tudo tranquilo,mas calma que não é só isso.
O ponto central do relacionamento entre Will e Layken se baseia em um conflito.Não vou contar para não perder a emoção quando descobrirem,mas a gente sente muito a angústia deles.Ao mesmo tempo em que eu desejei que eles largassem tudo e fossem felizes,eu entendia todas as complicações,todos os envolvidos e como poderia ser prejudicial se eles de fato deixassem tudo pra lá.Esse dilema vai até o final do livro,sempre com tudo muito amarradinho,os dramas se interligando.Pouco a pouco vamos entendendo a atitude dos personagens,o motivo de certas coisas serem faladas e isso no final acaba trazendo uma lição valiosa.
Falando em final,achei perfeito!Não vou me aprofundar muito pra não dar spoiler por aqui,mas foi tudo muito condizente com toda a história
Colleen Hoover acabou dando um desfecho que com certeza agradou aos leitores e certamente da metade do livro até o final,arrancou lágrimas de muitos leitores.



" - Você não vai esperar por mim.Não vou deixar que abdique do que deve ser o melhor ano da sua vida.Eu precisei crescer rápido demais;não vou deixar que aconteça o mesmo com você.Não seria justo.Não quero que espere por mim Layken."


" - Minha vida é feita de responsabilidades.Pelo amor de Deus,eu estou criando um garotinho.Não seria capaz de colocar suas necessidades em primeiro lugar.Caramba,eu não seria capaz de colocá-las nem em segundo lugar. - Ele ergueu a cabeça lentamente e volta a olhar para mim. - Você merece mais do que ficar em terceiro lugar,"


" - Não foi a morte que deu um murro em você,Layken.Foi a vida.A vida acontece.Merda acontece.E acontece muito.Com muita gente."


" - O que as outras pessoas pensam de suas palavras não deve importar.Quando você está no palco,você compartilha um pedaço de sua alma.Não dá pra pontuar isso."




Pra finalizar gente:Métrica se tornou um dos meus livros da vida e já quero ler tudo que a Colleen publicar,Inclusive Black Friday esse ano terá muito livro dela,já vou preparando o bolso kkkkkkkk
Não sei como consegui ficar tanto tempo com esse livro na minha estante e só ter lido agora,ele está por aqui há quase um ano!Ainda bem que tomei vergonha na cara hahahahhaha
Então pessoal,por hoje é isso,espero que tenham gostado da resenha.Qual livro da autora vocês me recomendam para ser minha próxima leitura?Andei pensando em Talvez Um Dia,o que acham?
Boa semana pra vocês!!
Até a próxima!
Grande abraço!

2 comentários:

  1. Oi, Claúdio!
    Eu gosto muito da Colleen, mas esse não é o meu favorito. Eu lhe aconselho a ler O Lado Feio do Amor. Sofri horrores, mas é muito bom.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      Tô descobrindo a autora agora,já tô me encantando.
      Dizem que os melhores dela são O Lado Feio do Amor e Um Caso Perdido.Pretendo ler os dois o quanto antes!
      Já tô me preparando pra sofrer kkkkkkkk
      Beijos!

      Excluir