sábado, 21 de janeiro de 2017

Resenha:Para Todos Os Garotos Que Já Amei



Livro:Para Todos Os Garotos Que Já Amei
Autora:Jenny Han
Editora:Intrínseca
Páginas:320
Tradução:Regiane Winarski


Sinopse

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.
Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.



"Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa de chapéu que ganhou da mãe"






Fala pessoal!Como estão?Repararam que estou no clima das resenhas atualmente kkkkkkkk
Reparei que ano passado fiz muito menos resenhas do que gostaria de ter feito.Então vamos mudar isso,se preparem que ainda teremos muitas e muitas resenhas por aqui.E hoje o escolhido foi um livro que se tornou meu queridinho:Para Todos Os Garotos Que Já Amei.
Não entendia todo o barulho que as pessoas faziam por essa história,pra mim era mais um romance clichê sem nenhuma surpresa e nada de mais.Só que eu estava enganado.


Lara Jean vive com sua irmã Margot,Kitty e seu pai.Ela tem em Margot uma inspiração,o pilar que sustenta a casa.Uma irmã que é praticamente uma mãe pra todos.Ela namora Josh que é amigo de Lara também.Com a ida pra faculdade,Margot toma uma decisão drástica:terminar o relacionamento com Josh,o que deixa ambos bem deprimidos.
De repente Lara Jean se vê numa situação extremamente complicada:Margot irá para a faculdade na Escócia e com isso,ela se vê na obrigação de assumir o papel que era da irmã mais velha e ainda fica na tentativa de manter sua amizade com Josh intacta.O problema é que ela não é nem de longe tão boa nessas coisas de casa quanto sua irmã.
Sua irmã pequena será sua maior julgadora nesse sentido,o que a faz se sentir ainda pior.

Sonhadora,Lara Jean só possui um segredo:no fundo do armário em uma caixa,está seu segredo:cartas que ela escreveu para cada garoto que ela amou;cinco no total.
Um dia,um desses garotos,Peter,recebe uma dessas cartas que estava endereçada a ele.Desesperada,Lara Jean volta pra casa e se dá conta de que todas as cartas desapareceram.Um a um,os garotos vão recebendo elas.
Onde será que essa situação vai dar?



Uma coisa que vocês devem ter em mente ao ler esse livro:é um romance,então vocês irão sim encontrar vários clichês ao longo da leitura.A virtude da autora foi fazer uma história extremamente leve e envolvente.Não é um enredo brilhante,mas acaba conquistando os leitores pelos personagens,pelas situações engraçadas.Ele é narrado em primeira pessoa pela Lara Jean,o que nos faz ter uma conexão maior com a personagem.
Outro ponto que a autora acertou em cheio foi o amadurecimento da Lara Jean.Ela começa a história como uma garota insegura que tinha a irmã mais velha como pessoa fundamental dentro de casa,aquele ponto de equilíbrio e ela estava acostumada com isso.De repente ela se vê na posição de irmã no comando da casa,sem ter a menor ideia de como se virar,mas que aos poucos vai entendendo seu papel e como realizá-lo sem se comparar a Margot.
Aos poucos a autora vai nos conduzindo pelo mistério de quem roubou as cartas da protagonista,mas vamos vendo que em certo momento da história,esse mistério já não é o ponto central da trama.E é aí que entra o ponto negativo.O mistério acaba sendo meio que deixado de lado porque não demora muito e o leitor já acaba descobrindo.Senti falta de um pouco mais de suspense,algo um pouco mais elaborado.O bom é que mesmo assim,a autora conseguiu deixar o leitor preso na narrativa e na trama secundária que já passa a ser principal.Jenny Han foi ousada nisso,afinal ela poderia ter perdido a mão da história quando deixou a solução do mistério tão fácil.
Me incomodei um pouco com a Margot.Achei ela controladora demais,muito rígida,muitas vezes sendo mais mãe que irmã ou filha.Assumir responsabilidades não significa necessariamente ser mais rígido como ela estava sendo.
Lara Jean e Peter são personagens extremamente engraçados.As melhores partes são dos diálogos entre eles.
Josh tinha tudo pra ser uma figura muito melhor dentro da trama,mas acabou se saindo um personagem muito sem sal,apesar de participações importantes.
Não sei se o romance me agradou totalmente,mas foi muito legal a forma como ele foi surgindo ao longo do livro.Aliás assim como o amadurecimento dos personagens,a autora foi muito gradual em todas as situações também.As coisas não surgem do nada,tudo tem uma explicação e um início,meio e fim.

No geral,foi um livro que devorei em um dia.É previsível e clichê?Sim,é.Mas não é por isso que não é bom.Jenny Han acertou em cheio na forma como escreveu,soube trazer o leitor pra junto dela e da história.São personagens reais e que podemos nos ver dentro deles.Aliás,todos nós temos um pouco de Lara Jean,fica muito fácil perceber isso.
E é com essa realidade que a autora acaba conquistando os leitores.
Um livro pra passar o tempo mesmo,com altas doses de risadas,suspiros,sorrisos bobos.....
Já quero ler a continuação,porque o final....digamos que eu preciso da continuação pra ontem hahahahhahahahahaha




"Margot acha que não faz sentido ficar imaginando.Nossa vida é essa;espetacular não vai mudar nada.Ninguém pode nos dar respostas."



"Nunca vi Margot perder a coragem antes,mas acho que,nas questões do coração,não dá para prever como uma pessoa vai se comportar."



"Eu me pergunto como é ter tanto poder sobre alguém.Acho que não quero isso;é muita responsabilidade ter o coração de uma pessoa nas mãos."



"Tenho quase certeza de que assumir a responsabilidade pelos próprios erros faz parte de estar no comando."



"Sempre gostei mais do primeiro dia de aula do que do último.Começos são sempre melhores que términos."



" A vida não precisa ser tão planejada.Deixe rolar e veja o que acontece."



"O amor é assustador;ele se transforma;ele murcha.Faz parte do risco."





Então gente,gostaram da resenha?
Esse livro foi um dos meus queridinhos e se não estou enganado foi o último que li em 2016.Depois de ler entendi todo o marketing e divulgação que a editora fez em cima dele,realmente é um livro muito especial!
Já leram?Preciso da continuação!Me digam se P.S:Ainda Amo Você é tão bom quanto!
Por hoje é isso gente,nos vemos na próxima!
Abraços!

16 comentários:

  1. Oi, Cláudio!
    Eu demorei para me envolver com a leitura de Para Todos os Garotos que já Amei, mas, quando fui fisgada pela história, não larguei antes de terminar hahahah Já estou com P.S.: Ainda Amo Você aqui e tentarei lê-lo ainda esse mês. Será que consigo?
    A Lara Jean me irritava muito no começo por se sentir tão pouco em relação a Margot (que eu particularmente não suporto), mas depois adorei a personagem e seu amadurecimento. E o que mais me surpreendeu é que o Josh acabou se tornando um bobo perto do Peter. Beijinhos, Beatriz.

    O Diário de uma Escritora Iniciante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz!
      Sério?Pra mim foi praticamente de imediato kkkkkkkkkk
      Ahhhh eu quero a continuação!Lê sim,faz resenha também hahahahahaha
      A relação de dependência da Lara com a Margot me irritou também um pouco,mas ainda bem que ela foi amadurecendo.
      Aliás os personagens se transformam muita coisa nesse livro,ainda bem :)
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Claudio! Eu adoro resenhas! ainda não li o livro, mas não me importo com clichês, parece ser uma obra com bons personagens! Gostei da recomendação!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Lê esse.É um clichê muito gostosinho de ler,ótimo pra se distrair de uma leitura mais pesada ou sair de uma ressaca literária!
      Beijos!

      Excluir
  3. Oieeee Cláudio!
    Ooowwwnnn eu quero muito ler esse livro e amei sua resenha <3
    Não tenho nada contra clichês, muito pelo contrário, quando bem conduzido, como parece ser o caso desse livro,com personagens bem construídos, é uma leitura mara!
    Gosto de narrativas onde os personagens tem um amadurecimento no transcorrer da trama, porque a gente sente que fez amizade com eles, e vamos acompanhando suas atitudes e decisões, bem de pertinho, na torcida.
    Agora me diz uma coisa PelamordeDeus imagine acontecer uma coisa dessas????? As cartas desaparecerem e serem entregues aos seus destinatários???
    Meu coração dispara só de imaginar!
    Adorooooo caixas para guardar "tesouros" rsrsrs.
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!
      É muito amorzinho ele,vai se apaixonar pela leitura!
      Realmente,quando o clichê é bem conduzido fica muito legal.Só não gosto daqueles clichês bobos,sem conteúdo.
      Então se prepara,porque os personagens desse livro tem um amadurecimento muito grande!
      Quero nem pensar numa situação dessas!Acho que eu me trancava em casa até o próximo século hahahahahahahahaa
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi, Cláudio! Tudo bem?
    Já vi tantas resenhas sobre esse livro e todas super positivas. Tenho muita curiosidade em conhecer a escrita da autora e espero ler logo!
    Abs,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara!Tudo ótimo e você?
      Não tem como ser diferente,é uma história muito envolvente e muito amor!
      E a autora escreve super bem!
      Depois me diz o que achou :)
      Abraços!

      Excluir
  5. Oi, Claudio!
    Eu adoro um clichê, não vou mentir hahahahha Eu até queria ler esse livro, mas a mulher escreveu mais um e eu desisti porque acho que vai ter muita enrolada.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      hahahahahhahaha clichê é bom de vez em quando :D
      Vou confessar que tô com medo da continuação,por isso tô esperando passar um pouco minha euforia com a leitura do primeiro pra depois comprar a continuação kkkkkkkkkk
      Beijos!

      Excluir
  6. Olá,
    Ótima resenha, vi várias pessoas comentando sobre esse livro mas ainda tenho minhas dúvidas. Não gosto muito de clichê.

    BJSSSSS
    Visite o nosso blog:
    http://gemanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Obrigado :)
      O clichê nesse livro é bom,acredite!
      É bem construído,sem ser aquele clichê bobo!
      Beijos!

      Excluir
  7. Amei a sua resenha.
    O ponto qual me fez ficar mais presa a essa leitura foi o fato de Lara Jean ter algo a ver comigo como a sua coleção de amores platonicos
    Amei o primeiro livro da triologja.O segundo nem tanto assim,vamps ver agora como vai ser o terceiro.

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!
      Ahhh obrigado :)
      Que bom!É muito legal quando o leitor acaba se identificando com o personagem!
      Tô com medo de ir pro segundo e me decepcionar.Vou esperar passar um pouco minha euforia pra depois comprar a continuação kkkkkkkk
      Beijos!

      Excluir
  8. Olá Cláudio, tudo bom?
    Eu quero tanto ler esse livro, mas sempre que vou comprar acabo esquecendo dele e comprando outros. Sempre que leio algo sobre fico empolgada. Gostei bastante da sua resenha, bem objetiva.

    Abraços
    http://blog-apaixonadaporpalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara!
      Tudo ótimo e você?
      Isso acontecia sempre comigo,até um dia que não teve como deixar de comprar porque tava mega barato na Black Friday kkkkkkkkk
      Obrigado! :D
      Abraços!

      Excluir