domingo, 19 de fevereiro de 2017

Resenha:Como Dizer Adeus Em Robô



Livro:Como Dizer Adeus Em Robô
Autora:Natalie Standiford
Editora:Galera Record
Páginas:344
Tradução:Fabiana Colasanti


Sinopse

Com um toque melancólico, o livro conta a singular ligação entre Bea e Jonah. Eles ajudam um ao outro. E magoam um ao outro. Se rejeitam e se aproximam. Não é romance, exatamente mas é definitivamente amor. E significa mais para eles do que qualquer um dos dois consegue compreender... Uma amizade que vem de conversas comprometidas com a verdade, segredos partilhados, jogadas ousadas e telefonemas furtivos para o mesmo programa noturno de rádio, fértil em teorias de conspiração. Para todos que algum dia entraram no maravilhoso, traiçoeiro, ardente e significativo mundo de uma amizade verdadeira, do amor visceral, Como dizer adeus em robô vai ressoar profunda e duradouramente.



E aí pessoal,tudo bom com vocês?Prometi que teria resenha hoje,então vamos de resenha hahahahahahaha
E o livro escolhido dessa vez foi o Como Dizer Adeus Em Robô.E essa foi uma leitura que fiz no mês passado,cheio de expectativas inclusive.Ganhei esse livro no Mochilão da Record e fiquei muito feliz quando vi que iríamos ganhar ele porque eu já estava de olho nesse livro há muito tempo.
Já li inúmeros comentários positivos dele e sobre a escrita da autora,então nada mais natural do que ter aguçado minha curiosidade.

Aqui temos a história de Bea,uma garota que tem sentimentos...bom,na verdade ela não tem muitos sentimentos,uma pessoa fria podemos dizer.Inclusive ela se denomina Garota Robô.
O outro personagem é Jonah,um garoto complicado que não gosta de muito contato com as pessoas,é bem na dele e não tem amigos.
E não é que a vida vai acabar por aproximar esses dois?
Quem sabe até mesmo uma amizade ou algo a mais pode surgir desse encontro...
Mas o que acontece quando duas pessoas complicadas começam a se relacionar?
Brigas,segredos,sentimentos desconhecidos,descobertas...assim se desenrola o relacionamento de Jonah e Bea.Será que vai ser o suficiente?
Teremos aí um casal a caminho,uma amizade verdadeira ou somente a junção de dois desajustados sociais em busca de encontrarem um lugar no mundo?

Então meu povo,a edição desse livro está um graça,é bem rapidinho de ler apesar de quase 400 páginas.Até aí tudo bem,mas preciso dizer que não curti tanto assim essa leitura.
A Bea é uma personagem completamente irritante e mimada.Ela adora falar que é a Garota Robô,completamente sem sentimentos e se orgulha disso.Falar uma vez,tudo bem,mas várias e várias vezes ela vai falar isso durante o livro.Isso me irritou demais!Ok,a gente já sabe que ela não tem sentimentos,não se importa....não precisa lembrar a gente disso o tempo todo.
Com relação ao Jonah,achei ele um tanto quanto dramático em muitos momentos.Por mais que ele tenha lá seus motivos,algumas atitudes são bem imaturas,como se quisesse provar pra alguém que ele é o rebelde que pode se revoltar contra tudo e contra todos.
A construção do relacionamento dos dois também não me agradou.Achei um tanto quanto confusa,o leitor mesmo não consegue definir,você não sabe se torce pela amizade,pelo amor,ou pra que cada um siga seu caminho.E a autora claramente tem muitas dificuldades ao longo da história para desenvolver o relacionamento dos dois.
A parte positiva do livro é a participação dos ouvintes em um programa de rádio que Bea e Jonah acompanham.É sempre o mesmo pessoal que participa e tem cada um mais engraçado que o outro,inclusive o propósito do programa é bem legal,bem interessante.Esse é o tipo de livro que os personagens secundários são melhores que os principais,sem dúvidas.Inclusive se dei nota 3 para essa leitura foi porque em muitos momentos a autora me arrancou algumas boas risadas.
Outro ponto positivo é que pelo menos a narrativa não é arrastada,ela consegue fluir bem,tanto é que é uma leitura bem rápida,só achei que a autora realmente errou na criação dos personagens principais,nos seus sentimentos,no relacionamento entre eles e nas suas motivações.
Mas aí a gente pensa:no final tudo vai se encaixar de uma forma legal.Então....você termina de ler o livro e fica procurando a última página porque ninguém merece a forma como a história foi terminada,um tanto quanto sem sentido.
No geral foi um livro que pelo menos pra mim ficou na categoria mediano,mas é uma leitura interessante pra distrair um pouco a mente e que vai fazer vocês rirem um pouco.




"O Garoto F-f-f-fantasma era um caso perdido,além do alcance do mundo humano.Mas e quanto ao Mundo Robô?O Mundo Robô tinha lugar para desajustados de todas as categorias.Veríamos."


" - Talvez tenha parado com isso.
- Talvez.Mas algumas pessoas não param,Só aprendem a manipular melhor."


"Eu nunca vou esquecer do rosto de Jonah.Uma luz saía de seu rosto e se tornou o espírito da sala,como um gênio libertado de uma garrafa depois de séculos de escuridão."


"Por outro lado,essa era uma chance de fazer algo real,algo que tinha importância.Após todos os anos lendo e escrevendo e somando e subtraindo,dever de casa e aulas de natação e aprendendo a me comportar,eu estava pronta para fazer um gesto grande e dramático.Não era isso que significava ser adulta,agir?"


" - Ele está tentando magoá-lo - conclui.
- Ele está tentando magoar a todos nós - disse o Sr.Tate. - Mas é tarde demais.Já estamos destruídos."




Então galerinha,gostaram da resenha?Fique um tanto quanto decepcionado por não ter gostado tanto do livro quanto imaginei que fosse gostar,mas faz parte da vida de leitor.
Mas não desanimem gente,essa foi a minha opinião,mas não é porque não serviu pra mim que não servirá pra vocês,sempre gosto de deixar isso bem claro.
Já leram esse livro?Me contem o que acharam da leitura!
Não esqueçam de acompanhar o blog nas redes sociais pra não perder as novidades.
É isso gente,por hoje é só,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço e boa semana pra vocês!

8 comentários:

  1. Oi, Cláudio!
    Eu acho a capa desse livro bem fofinha. Até queria ler, mas não tenho mais saco para personagens bastante mimados e dramáticos, como o casal aí.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      A capa é linda mesmo,por dentro também ele está bem bonito.
      Sei como é,tô começando a entrar nessa fase kkkkkkkkk
      Beijos!

      Excluir
  2. Oie
    Tenho curiosidade por este livro, mas sempre fico com um pé atrás, quem sabe um dia eu leia. Gostei de saber sua opinião.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa!
      Eu diria que as pessoas superestimam demais ele,mas pra passar o tempo vale a pena!
      Obrigado :D
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi Claudio! Tudo bem? Eu ainda não li, que pena que teve coisa que não te agradaram, mas ao menos deu pra tirar alguns pontos positivos. Gostei da resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!Tudo ótimo e você?
      Pois é,talvez eu tenha colocado expectativas muito altas sobre ele,mas valeu a experiência.
      Obrigado!
      Beijos!

      Excluir
  4. Parece ser bem interessante esse livro, não o conhecia! Enfim, gostei do seu blog.

    http://oplanetaalternativo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Walter!
      É interessante,mas achei superestimado.
      Vale a pena pra passar o tempo.
      Valeu! :D
      Abraços!

      Excluir