sábado, 10 de março de 2018

Resenha:Nunca Olhe Para Dentro


Livro:Nunca Olhe Para Dentro
Autora:Amanda Ághata Costa
Páginas:482
Formato:E-Book


Sinopse

Nem sempre a vida é colorida como um quadro ou suave como uma pincelada, às vezes é o contrário de tudo isso. Depois de perder os pais em um acidente de carro aos oito anos, a única coisa que Betina precisa fazer é encontrar o responsável por ter destruído sua família na noite que daria início à sua próspera carreira como pintora. Agora, longe dos pincéis e das paletas, ela está focada em terminar a primeira graduação e procurar na justiça um pouco de consolo para o caos que o seu passado ainda traz. Ao lado de seus amigos e sob o teto de uma tia que a detesta, ela perceberá de que cores as pessoas são feitas, e do quanto é realmente necessário olhar para dentro de tudo aquilo que a assombra, mesmo que para isso precise passar por uma inesperada decepção.





"Querendo ou não,nós somos parte da maior pintura do universo."


"Cada um pinta o próprio quadro e ele se torna o único no mundo.Embora possa existir alguma semelhança,não existe um quadro idêntico ao outro.Nós somos como quadros pintados por nós mesmos.Todos feitos por pinceladas diferentes."


Oi gente!Tudo certinho com vocês?Vamos com mais uma resenha de um livro que merece ser falado cada vez mais no mundo literário:Nunca Olhe Para Dentro,da autora Amanda Ághata Costa.
Recentemente o blog firmou parceria com a autora e recebi o e-book para leitura.Não procurei ler sinopse dele,só o que sabia eram os comentários de quem já tinha lido.


"Merdas realmente acontecem todos os dias.O importante é lembrar que no meio de merdas e dificuldades,algumas dádivas aparecem diante de nossos olhos."


Betina perdeu os pais muito cedo devido a um acidente,onde o carro dos pais caiu no lago por conta de um motorista irresponsável em outro carro que nem parou para prestar auxílio.Um acidente que poderia ter acabado com sua vida,mas por algum milagre ela acabou sobrevivendo.Aquela criança cheia de vida,que tinha um amor pela pintura naquele momento foi sendo substituída por alguém que ela não reconhece.
Por conta da morte dos pais,o único parente vivo era sua tia,então Betina foi forçada a morar com ela.Só que sua tia não a suporta,maltrata a menina,reprime todos os seus hobbies e amizades.
Mesmo agora na faculdade,Betina continua sofrendo com os abusos dos namorados da sua tia e dela mesma.
Toda sexta ela cumpre o mesmo ritual:ir até o lago onde o carro dos seus caiu para se sentir um pouco mais perto deles.
O que a motiva são seus únicos amigos que a tia não conseguiu afastar:Paola Caio que dão todo o apoio que ela precisa e sabem os horrores que ela passa dentro de casa.
Um fator está surgindo que pode sacudir a vida de Betina e motivá-la para buscar um algo a mais na sua vida e se libertar das garras da tia.E esse fator tem nome: Nicolas.
Para uma garota que costuma classificar as pessoas e seus sentimentos em cores,ela enxerga em Nicolas a possibilidade de todas as cores e devolver todas elas para sua vida.
No meio dessa confusão de sentimentos,ela se vê na sua própria investigação para descobrir quem estava dirigindo o outro carro que fez com que o carro dos seus pais caísse no lago.
O problema de descobrir a verdade é que nem sempre é fácil lidar com suas descobertas.
Betina vai ter que lidar com muitas informações e descobrir como passar por tudo isso e retomar as rédeas da sua vida.
Quais serão as escolhas de Betina?
Ela vai escolher o passado,o presente ou a possibilidade de um futuro?


"A grandeza é altruísta e vem de dentro,mas é impossível algo assim brotar em um lugar vazio e frio.Os grandes nunca precisaram provar nada para ninguém.Eles simplesmente eram gigantes."


Gente...não sei nem por onde começar a falar sobre esse livro.Quando eu comecei a ler esperava uma coisa,na verdade já tinha até esquematizado o andamento da história na minha cabeça.Mas chegou num determinado momento da história em que a autora deu uma reviravolta completa que me deixou completamente desnorteado.
Mesmo que a trama seguisse o que estava na minha cabeça,seria uma história maravilhosa,mas essa reviravolta tornou tudo muito muito especial e emocionante.


"Ninguém é perfeito.Não há uma só pessoa que não erre pelo menos uma vez por semana.O que diferencia nossos erros e acertos,é a responsabilidade que tomamos pelas nossas falhas.A decência de admitir a incapacidade de ter acertado,nos dá o maior dos créditos,o caráter."


Betina sofreu desde muito cedo e continua sofrendo desde então.Ela sofre muitos abusos,agressões e desmandos da sua tia.Aí a gente se pergunta:mas por que ela não denuncia?
Não denuncia pelo mesmo motivo que tantas pessoas acabam não denunciando agressões:medo.
Ela tem medo do que sua tia pode fazer contra ela e contra os seus amigos.
Passei o livro inteiro morrendo de raiva de tudo que a Betina sofre naquela casa,de tudo que ela foi obrigada a abrir mão por conta disso.Nem os vizinhos querem se meter por medo também e muitos acreditam na história que a tia de Betina conta:que ela é uma alma caridosa que acolheu a órfã com problemas psicológicos.


"O que é bonito não precisa de retoques,pode ter qualquer aparência,pois o que está escondido por trás do que se vê,é onde justamente ele se mostra mais bonito."


Tudo isso vai gerando uma revolta muito grande na gente.E mais revolta ainda quando a gente pensa que é uma situação que pode estar acontecendo do nosso lado.Quantas noticias a gente acompanha de pessoas sendo agredidas,estupradas que demoraram a denunciar justamente por medo?
E a construção de tudo isso na história foi muito real,a história é muito real e isso toca o leitor profundamente,mexe com o nosso senso de justiça,mexe com as nossas emoções.
Quantas vezes eu me peguei querendo entrar na história e tirar a Betina daquela situação?Várias e várias vezes!


"O sempre tem aquilo de achar que será para sempre,até que de repente vira um nunca.Até o sempre se engana."


A história é forte no tema sim,mas tem um romance muito bonito,daqueles que a gente se pega torcendo pra que tudo dê certo,onde vemos que os dois são feitos um pro outro e precisam ficar juntos.É um romance previsível sim,mas muito gostoso de acompanhar o desenvolvimento.E tanto Betina quanto Nicolas precisam superar fatos do passado e questões familiares.
Eles se completam até nisso,um buscando melhorar o outro,mas sempre com muita naturalidade.
Acompanhar a evolução da Betina foi incrível também.Ela começa a história como uma garota mais frágil,retraída mas que aos poucos vai começando a entender algumas coisas e tentar tomar a frente da sua vida e não deixar que o medo a domine sempre.E isso foi feito gradualmente pela autora,com cada ação levando a uma reação da personagem e esse timing foi impressionante.


"As nossas escolhas não definem apenas quem nos tornamos,como também as pessoas que vão permanecer ao nosso lado."


Ainda com relação aos personagens,Paola e Caio são os melhores amigos que todo mundo gostaria de ter,daqueles com quem você pode sempre contar,que se reúnem na casa um do outro,que brigam um com o outro quando é necessário...enfim,eles são demais.Sem falar que eles são importantíssimos para o desenrolar da história e responsáveis por várias decisões da nossa protagonista.
O grande mistério aqui fica por conta de quem estava dirigindo o carro responsável pelo acidente dos pais da nossa protagonista.Aos poucos fui identificando quem foi,mas o que me surpreendeu foram os fatos por trás do que aconteceu.Não podia imaginar os desdobramentos.


" - Como falei antes,nós nunca sabemos se o amanhã será o nosso hoje.Às vezes,tudo de que a gente precisa,é aproveitar cada pequeno segundo enquanto temos a dádiva de continuarmos vivos."


Me senti tão conectado com a trama que por várias vezes tive que interromper a leitura pra absorver tudo o que estava acontecendo e pra lidar com tamanha carga emocional.
Os temas são tensos,são emocionantes,mas a autora teve uma sensibilidade e uma delicadeza em descrever os detalhes que vai envolvendo o leitor naquele ambiente e faz com que sem perceber estejamos inseridos completamente dentro da história.


"A vida pode ser um belo quadro,se você souber pintá-lo com o pouco que tem."


O conflito tanto da Betina quanto do Nicolas são completamente compreensíveis.E a gente consegue se colocar no lugar deles,na mente de cada um e entender os dilemas,conflitos e tormentos que eles estão passando.Essa empatia é fundamental pra conexão entre história e leitor.
Pra finalizar,a emoção está presente em cada instante da leitura,desde o início até o seu final,com segredos,passados conturbados,temas fortes (mas necessários serem discutidos),mas que leva o leitor ao máximo do clímax e da emoção.
Se preparem para muitas surpresas e reviravoltas!


"Basta saber dosar a medida,e tudo e todos podem brilhar de novo."



Então gente,gostaram da resenha de hoje?Procurei passar a mesma emoção pra vocês que senti com essa leitura.Ela me impactou de verdade,me fez olhar mais ao redor,prestar atenção nas mínimas coisas....com certeza um aprendizado em forma de livro.
Histórias que envolvem abuso sempre mexem demais comigo,não porque eu já tenha passado por essa situação,mas porque eu me coloco de verdade no lugar da pessoa e da situação pela qual ela passa.
Quem conhecer alguém que esteja passando por isso,procure ajudar,sempre da melhor maneira possível.A pessoa sozinha muitas vezes não consegue se libertar do que está vivendo e o apoio e incentivo das pessoas ao redor pode ser decisivo para uma reviravolta na vida de alguém.
Bom pessoal,essa foi a resenha de hoje,espero demais que tenham gostado.
Ahhh quase esqueci...a autora anunciou recentemente que teremos Nunca Olhe Para Dentro publicado por uma editora!Em breve poderemos acompanhar a história de Betina também na versão física,mas enquanto isso quem ficou interessado,ele está disponível na Amazon.
Galerinha por hoje é só,não esqueçam de comentar o que acharam!
Vou indo nessa,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

2 comentários:

  1. Oie
    Já faz um tempinho que eu tenho este livro no kindle, mas ainda não o li, agora fiquei mais curiosa.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Cláudio
    Fiquei muitoooooo instigada pela sua resenha.
    A narrativa promete ser emocionante, personagens bem construídos e com reviravoltas!
    Vai para a lista dos desejados
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir