segunda-feira, 5 de março de 2018

Resenha:O Visconde Que Me Amava


Livro:O Visconde Que Me Amava
Autora:Julia Quinn
Páginas:288
Editora:Arqueiro
Tradução:Ana Resende


Sinopse

A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será
Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.




Oi gente!Como vocês estão?Espero que bem.Hoje oficialmente começo minhas férias!Como eu precisava desse tempo.Isso significa que é bem provável que em Março eu acabe aparecendo mais por aqui e pretendo também dar uma adiantada nas minhas leituras.
Então vamos falar hoje de um livro que faz parte de um dos projetos aqui do blog:O Visconde Que Me Amava,segundo livro da série dos Bridgertons,da autora Julia Quinn.

Nesse livro vamos conhecer a história de Anthony Brigerton,um visconde que resolve parar com a vida de prazeres que leva e se casar finalmente.Ele deseja uma mulher que cumpra todos os requisitos esperados de uma esposa,seja inteligente e divertida,mas o mais importante:não deve ser alguém que faça com que ele se apaixone jamais.
Ele encontra sua candidata ideal,Edwina Sheffield,porém ela é famosa por só tomar decisões com a aprovação irrestrita da irmã.O problema?A reputação de libertino de Anthony já chegou ao conhecimento de Kate,irmã mais velha de Edwina e ela não está nem um pouco inclinada a deixar que sua irmã se case com o visconde.
Anthony precisa conquistar Kate se deseja ter alguma chance de se casar com Edwina.Ele só não esperava que a convivência com Kate tão de perto fosse fazer ele se questionar tanto e rever alguns conceitos,despertando algo que nem ele sabe bem explicar.
Será que ele escolheu a irmã certa?
Será que ele irá se manter fiel as suas convicções acima de tudo?


"Havia algo nela que lhe agradava mais do que qualquer mulher antes,como se o corpo dele tivesse descoberto algo que sua mente se recusava a considerar.
Algo nela parecia...certo."


Ler Julia Quinn é garantia certa de uma alta dose de divertimento e gargalhadas sem parar.As cenas cômicas são impressionantemente bem elaboradas,com uma inteligência e habilidade que encantam os leitores.E a cada livro lido dela isso fica mais evidente.
Pelo fato de Kate e Anthony se odiarem,os diálogos e cenas entre eles são a melhor parte do livro.As trocas de "gentilezas",as alfinetadas,o constrangimento que eles acabam se proporcionando,o humor sarcástico e ácido....sério,me diverti demais!
Diferente do que aconteceu no primeiro livro,não gostei muito do Anthony como personagem.Acho que ele se contradiz demais em muitas opiniões e atitudes do primeiro livro pra esse,o que acabou me fazendo questionar qual era na realidade o verdadeiro Anthony.Foi complicado criar uma identidade com ele.


" - Às vezes,disse Anthony com a voz hesitante - ... às vezes existem razões para os nossos medos que nós não conseguimos explicar.Pode ser só uma sensação,algo que sabemos que é verdade mas que pareceria infantil a outra pessoa."


Com relação a Kate,adorei ela.Ela é uma protagonista que tem bem a cara da autora,mas mesmo assim acaba surpreendendo demais,não só pela sua força,mas pela sua história que não foi fácil.A ligação que a autora criou entre a Kate sua irmã e a mãe foi muito bacana,daquele tipo que uma família unida deve ser,sempre se preocupando um com o outro nas mínimas coisas.
Mais uma vez vemos os costumes da época sendo abordados de forma bem consciente e direta.Parece ser meio louco pra gente alguns costumes,mas era o que acontecia na época e a Julia Quinn conseguiu transmitir e principalmente nos transportar para aquela época.
Achei que ela poderia ter explorado um pouco mais o ambiente.Ficou tudo muito restrito a três lugares,acho que uma exploração um pouco maior teria ficado melhor.Mas os ambientes que a autora explorou foram bem narrados,bem descritos e abordados,principalmente com algumas tradições de família por trás. (sério,tem um jogo que alguns membros da família Bridgerton acabam jogando com a Kate e com a irmã que eu morri de tanto rir!).


"Eu lhe darei qualquer coisa que esteja a meu alcance.
Kate sentiu a cabeça se inclinar para trás e toda sua resistência desaparecer.
- Apenas me ame - pediu em voz baixa. - Apenas me ame."


Os diálogos foram muito simples,bem diretos,sem enrolação e carregados de emoção,seja raiva,amor,paixão,indiferença,tristeza.....e conseguimos perceber muito bem isso.A autora não precisa dizer que determinado personagem está triste,a gente  acaba percebendo pelos diálogos.E vamos criando essa intimidade com os personagens até o final da leitura.
Os irmãos Bridgertons roubam a cena aqui,principalmente o Colin que já se tornou meu personagem preferido e ainda nem cheguei no livro dele hahahhahaha.
Não temos meio termo no que os personagens principais sentem um pelo outro.Quando eles se odeiam se odeiam pra valer,mas quando se amam acabam se amando numa intensidade altíssima.
Ou seja,emoção é o que não vai faltar na relação entre eles.


"Significa que o amor não tem nada a ver com o medo de que tudo acabe,mas com encontrar alguém que o complete,que faça de você um ser humano melhor do que jamais sonhou ser.É olhar nos olhos de sua esposa e ter a certeza de que ela é a melhor pessoa que você já conheceu."


Algumas barreiras vão precisar ser ultrapassadas para que o relacionamento funcione e como o livro é intercalado pelo ponto de vista da Kate e do Anthony,vemos claramente o dilema por trás disso corroendo cada vez mais o coração de Anthony,tendo influência na vida de Kate e ele vai precisar decidir se vai se agarrar a um passado de tristeza ou se abrir para um futuro com muitas alternativas.
Pra finalizar,foi uma leitura extremamente prazerosa de ser feita,envolvente,engraçada,que mexe com o leitor na hora certa,sem exageros e com um romance muito bonitinho.
Talvez eu tenha gostado mais do primeiro,mas esse livro me conquistou também!


Então galerinha,gostaram da resenha de hoje?Espero que sim,está sendo muito divertido pra mim continuar lendo a série e me divertir com os personagens.O terceiro livro já tá na minha TBR de Março e em breve já começo a ler.
Não esperava que Julia Quinn fosse me fazer rir tanto kkkkkkkk
Pessoal,então por hoje é só,não esqueçam de comentar o que acharam,se já leram,se querem ler.....
Vou indo nessa gente,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço!

4 comentários:

  1. Olá Cláudio
    Essa série é com certeza uma das minhas favoritas da vida inteira.
    A gente ri muito, se envolve, torce bastante, fica curiosa e se apaixona junto com os personagens e entra na narrativa rsrs
    Fico feliz que você esteja gostando.
    Ótimas férias pra ti, com descanso e agito na medida exata.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!
      E como a gente ri kkkkkkkk
      Não esperava me envolver com romances de época da forma que estou me envolvendo,mas está sendo uma experiência bem bacana.
      Obrigado querida,com certeza agito na medida certa!
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Cláudio, tudo bem? Puxa eu gostei mais desse hehehhee é emu preferido de todos da série Os Bridgertons, também porque eu tenho uma queda de penhasco pelo Anthony hehehehehe mas que bom que vc curtiu!

    Bjs, Mi


    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Tudo ótimo e você?
      Acho que o primeiro conseguiu me envolver mais,talvez por ter sido justamente o primeiro livro kkkkkkkk
      Mas pelo que tô vendo até agora parece que vou me apaixonar por todos os livros da série.Vamos ver!
      Beijos!

      Excluir