domingo, 12 de outubro de 2014

Resenha:A Menina Mais Fria De Coldtown






Título:A Menina Mais Fria De Coldtown
Autora:Holly Black
Editora:Novo Conceito
Páginas:384




Sinopse:

No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros:são as Coldtowns.Nelas,monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço,em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas.Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown,nunca mais consegue sair.
Em uma manhã,depois de uma festa banal,Tana acorda rodeada por cadáveres.Os outros sobrevivente do massacre são o seu insuportavelmente doce ex namorado que foi infectado e que,portanto,representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível.Atormentada e determinada,Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece:atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown.






Fala pessoal!!! Como vão?Espero que estejam bem.Desculpem mais uma vez pela minha ausência por um tempo maior que o esperado,é que o trabalho realmente está me consumindo e quando lembro de atualizar o blog já tá quase na hora de dormir,mas pretendo normalizar isso o quanto antes.
Como Outubro é o mês do terror,esse mês decidi fazer resenha de livros que tenham a temática terror/suspense.Quem me conhece sabe que amo esse gênero e vai ficar difícil escolher os livros pra resenha.
Pra começar decidi escolher o último livro que li desse estilo,que é A Menina Mais Fria De Coldtown. Esse livro teve uma repercussão e uma divulgação muito grande por parte da editora,o que aguçou com certeza a curiosidade de muitos leitores.
Fui apresentado a ele naquele evento que fui da Novo Conceito e gente:marketing da editora está de parabéns.Eles mostraram os teasers que fizeram pra divulgar o lançamento e lançaram campanhas publicitárias no Youtube.Simplesmente incrível.
Bem,vamos parar de enrolação e vamos a parte que interessa hahahhahahahahhahaa




Antes de falar da história propriamente dita,alguns detalhes merecem destaque.Um deles é o capricho que a editora teve com a diagramação do livro.São folhas amareladas(nossos olhos agradecem kkkkkkkkkk), e em cada página tem detalhes numa espécie de cinza como se fossem gotas de sangue escorrendo pelas páginas.No início de cada capítulo,tem uma frase reflexiva meio dark e mórbida,que dá mais ou menos uma pista do que o leitor pode esperar do capítulo.
Na parte de trás do livro,a editora adota aquele modelo de colocar o que vamos encontrar no livro:suspense,drama,terror,romance,aventura......
São pequenos detalhes?Sim,são.Mas são detalhes que mostram o quanto a editora tem um capricho com as suas edições sempre pensando no leitor.
Com relação a história,desde que fui apresentado a ela no evento,fiquei realmente bem curioso.Fiquei muito na expectativa pra ganhar o sorteio do livro mas infelizmente não ganhei.No entanto,não demorei a comprá-lo.
Comecei a ler ele com as expectativas lá em cima,lógico.Resultado:decepção.
Confesso que não conhecia a autora e nunca tinha lido nada dela,mas com tamanha propaganda em cima dele esperava algo muito bom.
A história pra mim pode ser dividida no início,quando o leitor fica aflito querendo saber o que aconteceu e depois da metade dele.Entre o início e depois da metade,achei a história bem enrolada,com personagens bem fracos e explicações muito vagas sobre tudo o que está acontecendo na cidade e principalmente nas Coldtowns.
Em momento algum do livro consegui ter empatia por algum dos personagens(por sinal achei todos eles muito fracos,sem conteúdo),seja a protagonista ou personagens secundários.E pior:a irmã do protagonista consegue ser mais chata que ela kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
A protagonista Tana por muitas vezes quer ser a heroína da história,tomando atitudes simplesmente ridículas e perigosas o que me irritou bastante.
Felizmente depois da metade,a história começa a tomar um outro rumo que consegue pelo menos prender o leitor na história e as explicações começam a surgir,bem aos poucos e um tanto incompletas mas surgem.
Uma coisa que gostei é que a história pelo menos mostra os vampiros como eles realmente são:simplesmente vampiros.(mesmo que tenha um romance básico no meio,normal hoje em dia kkkkkkkkkkkkkkkk)
Sou muito fã de distopias,mas essa história da Holly Black deixou a desejar.Não sei se eu não estava no momento pra ler esse tipo de história ou se realmente não me simpatizei com a escrita da autora.Pretendo dar outra oportunidade pra ele,inclusive comprei esse mês mais 2 livros dela e que depois resenho pra vocês contando o que achei.
Se eu recomendo a história?Acho que sim,mas comecem a ler sem expectativas.A autora pelo que percebi tem potencial mas nesse livro não me prendeu,de repente pode prender vocês :D
Pela história depois da metade do livro,dou 3 estrelas.












Bem gente,espero que tenham gostado da resenha de hoje,como falei,esse mês as resenhas serão todas dedicadas a histórias com os temas de terror/suspense.
Aguardem as próximas resenhas!!
Mais uma vez desculpem pelo meu sumiço,vou fazer de tudo pra que isso não aconteça.
Próximo post vou trazer pra vocês o que adquiri nesse mês de outubro,minha meta de leitura pra esse mês e meu progresso nessas leituras,ok?
Que vocês tenham uma ótima semana!!
Até o próximo post!!
Grande abraço!!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário