domingo, 10 de dezembro de 2017

Resenha:Confesse


Livro:Confesse
Autora:Colleen Hoover
Editora:Galera Record
Páginas:320
Tradução:Priscila Catão



Sinopse

Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.




Oi gente!Tudo bom com vocês?Queria ter passado por aqui sexta e ontem também,mas essa correria de fim do ano tá puxada hahahahahha
Mas enfim,vamos continuar então com as resenhas,porque tem muito livro legal pra comentar com vocês.
Escolhi um livro que me rendeu uma leitura tão bacana,tão envolvente....e claro que a responsável por isso não poderia ser outra que não a Colleen Hoover.E o escolhido foi o Confesse,último lançamento da autora aqui no Brasil.



Nossa protagonista Auburn perdeu tudo o que era de mais importante na sua vida com a morte de seu namorado e outras coisas (não vou contar muito pra não ser spoiler kkkkkkkk) .Para reconstruir a vida,ela acaba indo morar em outra cidade.
Ela se encontra em uma briga judicial com a família do seu falecido namorado e se vê cada vez mais precisando de dinheiro para arcar com os custos do processo.
Ela está desesperada,pois numa cidade nova,sem conhecer ninguém as coisas são muito complicadas.
Só que uma chance pode surgir quando ela menos espera.Ao voltar para casa,ela se depara com uma placa de estamos contratando num estabelecimento chamado Confesse,um estúdio de artes que ela nunca havia reparado.
Sem pensar muito,ela decide conferir do que se trata.
Lá ela se depara com Owen,proprietário e artista da galeria,que imediatamente a contrata.Owen explica como funciona o seu trabalho:as pessoas deixam confissões anônimas e ele utiliza essas confissões como inspirações para suas telas.
Surge aí uma amizade inesperada,que tem potencial para evoluir em algo mais,só que pra isso,ambos vão precisar superar seus dramas familiares,seus medos,perigos e principalmente:um enorme segredo que pode determinar o início ou o fim de uma linda história de amor.
E mais do que isso:ambos vão precisar confessar.
Será que eles estão preparados pra se submeterem ao julgamento um do outro?


Sempre que vejo lançamento de livro da Colleen já vou me preparando psicologicamente para muitas emoções,pra ter meu coração destruído e colado aos poucos pedacinho por pedacinho kkkkkkkkk
E nesse lançamento da autora aqui no Brasil não poderia ser diferente.
Em Confesse temos relações familiares abordadas de uma forma muito intensa e real.Família perfeita não existe e a autora consegue passar a realidade para os leitores.
Os problemas que ocorrem poderiam muito bem estar acontecendo com você,comigo.Conseguimos criar uma empatia muito grande pelos personagens,principalmente no início pela Auburn que sofreu tanto e ainda continua sofrendo,se vendo sozinha até conhecer Owen. Com o tempo,vamos criando essa relação também com o Owen,principalmente quando descobrimos o grande segredo dele e vemos o quanto a situação é mais complicada do que a gente imagina.Se pondo no lugar dele,conseguimos entender o motivo dele ter tomado algumas atitudes,por mais que não concordemos.
Acho muito impressionante o quanto a autora consegue trabalhar os sentimentos nas suas histórias.Ela faz o leitor sentir exatamente o que ela quer que a gente sinta,isso de uma forma bem prática e trabalhada.Talvez Confesse seja o livro dela com mais carga emocional junto com Métrica.
A narrativa é intercalada entre Auburn e Owen,o que funciona muito bem com as histórias da Colleen,porque além de entrarmos na mente dos dois personagens,uma narrativa vai complementando a outra,nos esclarecendo algumas coisas.
O que me desapontou um pouco foi a relação do Owen com o pai.Nós vamos vendo com o tempo que o pai dele tem problemas recorrentes e chega uma hora que o próprio Owen acaba largando de mão.Só acho que essa relação merecia ter sido mostrada e trabalhada um pouco mais,mesmo não sendo o foco principal da história.
Um personagem em especial me agradou tanto,mas tanto,que se tornou um dos meus preferidos da história.Só não vou contar quem é pra não perder a graça.
Como sempre,temos um personagem que amamos odiar,nesse caso aqui temos dois:Lydia,mãe do ex namorado de Auburn e......vou deixar o outro pra vocês descobrirem kkkkkkkkk
Não esperem algo inovador aqui,essa não é a proposta da história,nem a mensagem da autora.
O que ela nos mostra é como relações familiares podem ser complicadas e que devemos saber lidar com isso da melhor maneira posível,o quanto amor pode machucar e aquecer os corações ao mesmo tempo e principalmente que alguns segredos não podem ficar guardados pra sempre.Em alguns momentos precisamos confessar.O importante é saber o momento e a quem abrir seu coração.
E no final da história temos uma reviravolta brilhante,com doses de ação,mistério,drama.....e no fim,todas as pontas soltas são amarradinhas levando o leitor a um momento de intensa emoção.
Não é o melhor livro da Colleen que eu li,meu queridinho continua sendo Métrica,mas com certeza está na lista dos melhores.A leitura fluiu tão bem,tão tranquila que acabei lendo em menos de um dia.
Super recomendo,tenho certeza que a história de Auburn e Owen vai tocar seus corações.




"Alguns segredos nunca deveriam virar confissões.Sei disso melhor que ninguém."



"É incrível como uma verdade pode distanciar duas pessoas."



"Há pessoas que você encontra e,depois,passa a conhecer melhor,e há pessoas que você encontra e já conhece bem."



"Não me perco nem um pouco com ele,porque é a primeira vez na vida que sinto que alguém verdadeiramente me encontrou."




É gente,por hoje então é isso,espero demais que tenham gostado da resenha.Falar dos livros da Colleen é sempre um prazer.Espero ansiosamente pelo próximo lançamento dela por aqui (esperamos que em breve).
Me contem se já leram Confesse,se querem ler,o que acharam....vamos debater um pouco mais sobre esse livro nos comentários.
Então pessoal,vou indo nessa,nos vemos na próxima postagem (que deverá ser amanhã mesmo).
Só uma coisinha antes de ir:dezembro é um mês repleto de retrospectivas,então por aqui não será diferente.Vamos ter postagem com as piores e melhores leituras,tag de final do ano,bookshelf tour,além das resenhas.Vou tentar também trazer um assunto pra debate porque tem muito tempo que não trago uma polêmica aqui kkkkkkkkk
Ah claro,vamos ter também as compras da Black Friday (socorro!!!)
Agora sim,vou indo,nos vemos amanhã!
Bom final de domingo e ótima semana pra todos!
Grande abraço!

6 comentários:

  1. Oie
    Adoro os livros da autora e quero muito ler este. Pela sua resenha parece ser mais uma ótima leitura.
    Estou curiosa para ver tudo que vc comprou na black friday eheheh.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa!
      Colleen é sempre muito amor e ler seus livros é garantia de uma satisfação muito garantida.
      Confesse não poderia ser diferente.Consegui uma conexão impressionante com a história,gostei bastante!
      Já postei hahahahahha
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Cláudio!
    Eu amei esse livro. Achei ele o "mais levinho" da autora, mas ainda assim foi maravilhoso!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      Adorei a leitura também.Não sei se colocaria como o mais levinho dela,mas com certeza está na lista deles kkkkkkkkk
      Que leitura!!
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá Cláudio
    Esse livro está na minha lista dos desejados e mais ainda depois da sua resenha.
    Uma narrativa envolvente, fortes emoções, carga emocional e empatia.
    Menino fiquei ultra mega super hiper curiosa com essa galeria de arte e essa coisa instigante de confissões para criação das obras!
    Uaaaaau!
    Ansiosa pela sua retrospectiva.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!
      Esse é o tipo de livro pra ter com certeza na estante.
      É uma leitura que instiga e nos emociona na medida certa,com personagens intensos.
      É Colleen Hoover,não poderia ser diferente kkkkkkkk
      Vai ter retrospectiva sim!!
      Beijos!

      Excluir