sábado, 16 de setembro de 2017

Resenha:Como Se Fosse Magia


Livro:Como Se Fosse Magia
Autora:Bianca Briones
Páginas:208
Editora:Gutenberg



Sinopse

Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer.
Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas.
O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é.
Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela.
O que isso quer dizer?
Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.





Oi gente!Tudo bom com vocês?Aproveitando o final de semana do Rock In Rio?Os shows que mais quero ver são semana que vem,mas estou acompanhando todos.E no próximo sábado estarei lá pessoalmente pra conferir (pela quarta vez kkkkkkkk) o show do Guns N´Roses.
Enquanto sábado não chega,vamos colocar as resenhas em dia porque tem muitas pendentes devido a minha ausência temporária do blog,mas vamos acertar isso.
Começando então,temos um livro nacional de uma autora que eu gosto muito;estou falando da Bianca Briones e o livro Como Se Fosse Magia.

Eva é uma escritora,uma escritora que consegue transbordar todos os seus sentimentos para o papel e transforma-las em livro tão naturalmente,quase como se fosse magia (pra mim escrever é magia kkkkkkkk).
Ela está prestes a escrever o último livro de sua série de fantasia,mas tem um pequeno grande problema que aflige muitos escritores:ela está sofrendo de um grande bloqueio criativo.
Ela tenta de tudo,mas a tal da inspiração não vem.
Em um dia chuvoso ela observa um homem sendo atingido por um tiro.Ao chegar perto para socorrê-lo ela se depara com um homem que é simplesmente a cara do personagem de seu livro,Enzo.
Assutada,ela acaba ligando para a emergência.Ela não podia imaginar quantas coisas iriam acontecer:Enzo (nome que ela dá para o cara) está sem memória,não lembra de quem é,das pessoas,da sua vida,de nada.
Eva vai ficar preocupada com ele e vai visitá-lo com frequência no hospital.Aos poucos vai surgindo um sentimento diferente entre os dois.
Seria algum tipo de magia ou simplesmente destino?



Gente,pensem em um livro fofinho e divertido?Escolham esse!Eu estava mais acostumado a ler os livros mais hot da Bianca como a coleção das Batidas Perdidas.Ler um chick lit escrito por ela era praticamente uma incógnita pra mim.No new adult ela funciona super bem,mas será que funcionaria no chick lit?A resposta é:claro!!!

Os personagens são tão envolventes,a Bianca conseguiu criar essa química entre os leitores e os personagens,nos fazendo mergulhar de cabeça na história.
Eva é muito confusa no início da história.Confusa com ela mesma e com as outras pessoas.A pressão pra escrever o último livro da série vai deixando ela num estado de estresse muito grande.Depois que ela conhece Enzo vai vendo que às vezes na vida é necessário a gente parar e olhar ao redor e abrir a mente para outras coisas para poder continuar andando.
Ele é um ponto de interrogação na cabeça dos leitores desde o início,praticamente um quebra cabeças.E vamos descobrindo junto com ele e Eva quem realmente Enzo é e esse processo de descoberta é simplesmente delicioso.
Enzo é bem delicado,muito preocupado com as pessoas ao redor do que com ele próprio.Às vezes ele esquece a sua falta de memória para se envolver nos problemas de Eva.
Ela por sua vez,é um furacão que vai desacelerando aos poucos para ir entrando na vida Enzo,dando todo o apoio e ajuda que ele necessita.
O cenário da história é bem simples,com aquele clima bem conhecido das histórias chick-lit.Em alguns momentos me lembrou o livro Para Sempre,mas com o diferencial da escrita da Bianca.Ela tem o dom de nos emocionar,nos fazer rir e sofrer com as suas histórias.A leveza das suas palavras,a condução,foi tudo muito lindo de ser lido.Por esse motivo a trama fica muito visual para o leitor,só que aí surgiu um pequeno problema:a história acaba se confundindo com algumas outras tantas vistas em alguns filmes de romance.Isso não me incomodou,não tenho problemas com isso,mas pode ser que algumas pessoas se incomodem.
O clima de magia é constante em cada página,mas não aquela magia tradicional estilo Harry Potter e sim a magia da vida real,a magia do amor,a magia da escrita.
Se escrever é um dom,quem tem esse dom carrega a magia dentro de si e a Bianca nos prova que é possível fazer magia com a varinha certa (caneta,papel,notebook,tablet....é só escolher e partir pra escrita).
Pra finalizar gente,adorei cada página,é um livro muito rápido de ser lido (li em um dia) e nos transporta para uma trama linda e deliciosa através dos mistérios do amor e dos poderes que ele tem na vida das pessoas.Venham se encantar também pela história da Eva e do Enzo!
Ótima dica pra quem queria ler Bianca Briones,mas queria começar por algo mais leve!



"A pior parte de não ter sua memória é não saber como reagir diante de um discurso que beira à insanidade.Algo em Eva,no modo ela fala com tanta veracidade,faz com que eu acredite."


"Nos encaramos em silêncio.É estranho como as pessoas que precisam uma das outras eventualmente acabam se encontrando."


"Você é uma escritora.Não uma comum,daquelas que vemos aos montes por aí.Você é capaz de ver além do que vemos.Você vai além das palavras.Você tem um dom.É como se fosse magia.E nem todo mundo está preparado para ser preenchido com uma boa dose de magia."


"Não me resta alternativa.Preciso descobrir,então escrevo,escrevo,escrevo...como se minha vida dependesse disso.E talvez ela dependa..."



Então pessoal,gostaram da resenha?Espero que sim.
Sério,leiam esse livro,é uma leitura tão gostosinha de ser feita...ótimo pra sair de ressacas literárias.Bianca Briones se superando a cada nova história lançada e isso me deixa super feliz!
Alguém já leu?Já tiveram contato com outros livros da autora?Não esqueçam de deixar suas opiniões!
É isso então galerinha,como falei,tem muita resenha pra liberar pra vocês,então se preparem para overdose de resenhas por aqui,entremeadas com mais duas postagens que tenho preparada aqui sobre a Bienal do Livro.
É isso meu povo,vou indo nessa,nos vemos na próxima postagem!
Grande abraço e ótimo domingo pra vocês!!!

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Luiza!
      Também adoro a Bianca,as histórias dela não me decepcionam.
      Lê,é uma leitura rapidinha que vai te prender kkkkkkkk
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá Cláudio
    Aaaaaiinnnn ainda não li nada da Bianca preciso mudar isso já!
    Eita que deve ser difícil esse tal de bloqueio Literário pra quem escreve, acho que dá até taquicardia, imagine a pressão???
    E a página em branco diante de si??
    Agora deve ser tudo encontrar um personagem de livro na vida real rs
    Amei esse Q de magia da vida real 😘😘
    Louca pra conhecer (Eva e Enzo) E & E!
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli!
      Sério que não?Menina muda logo isso,os livros da Bianca são sensacionais!!
      Fico imaginando como deve ser.Até pra gente que escreve em blog já é complicado,imagina quem escreve livros.
      Olhar pra uma página e nada sair deve ser tenso.
      Como eu queria conhecer alguns personagens na vida real......kkkkkkkkkkk
      Lê,você vai gostar,depois me diz o que achou!
      Beijos!

      Excluir
  3. Esse livro tá na minha wishlist há tempoooooos! Por se tratar de uma escritora (a personagem) e de bloqueio criativo, me chama muita atenção, por eu saber bem o que é isso hahahahah a ideia é sensacional e ainda mais nacional! quero
    #orgulhonacional
    vem conferir o post no blog sobre um livro nacional pra ficar de olho
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata!
      Ficou na minha por muito tempo também,até que uma amiga resolveu me dar hahahhahahaha
      Acho que esse quê de realidade que a Bianca trás pras histórias faz com que a gente se identifique com as situações,com os personagens.......muito orgulho da nossa literatura!!!
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá Cláudio, me interessei muito pela história parece mesmo muito fofa. Gosto de leituras assim. ;)

    https://raposinha-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele!
      É sim,muito fofa e envolvente,um amorzinho de leitura!
      Leituras assim de vez em quando caem super bem :D
      Beijos!

      Excluir
  5. Oi Claudio
    Eu amo os livros da Bianca da série "Batidas Perdidas " mesmo não sendo nenhuma fã do genero erótico.
    Estou louca para ler esse livro ,ver Bianca escrevendo proeu genero favorito.

    Amei a resenha.

    ( Ai que inveja ! Não basta você ter ido a Bienal ,você também foi no Rock in Rio pela quarta vez,só queria ir uma 😢)

    Beijos
    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Babi!
      Também sou super apaixonado pela série Batidas Perdidas,a escrita da Bianca é maravilhosa.
      Acredite,ela mandou super bem no chick-lit.
      Obrigado! :D
      hahahahahahaha não perco uma Bienal e Rock In Rio não tem como não ir,é minha cara e olha que até pensei em não ir esse ano,mas eu ia ficar muito na vontade vendo pela tv kkkkkkkk
      Beijos!

      Excluir